Ciência e gestão na universidade pública: das interfaces epistemológicas à práxis possível

Autores

  • Fernando Antonio Hello Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7765

Palavras-chave:

Educação Superior. Universidade. Gestão de pessoas. Psicanálise. Análise do discurso. Processo de planejamento estratégico

Resumo

Abordamos a universidade pública, do ponto de vista administrativo, em seus aspectos de perenidade e sustentabilidade, articulando gestão administrativa, no geral, e gestão de pessoas, no particular, na UNICAMP. Nosso objetivo é estudar, através de uma abordagem de cunho estruturalista, como se articulam o ethos universitário, os sujeitos que compõem essa comunidade, e o modus operandi da universidade, em suas vertentes de produção de conhecimento, saber e ciência, através do ensino, da pesquisa e da extensão, assim como do planejamento estratégico. Assim contextualizamos a universidade na conjuntura sócio-econômica e de suas relações de trabalho atuais, passando pelas implicações dessas tendências sobre os novos paradigmas científicos, administrativos e de gestão de pessoas, articuladas às especificidades estruturais do sujeito desejante em suas dimensões onto-psíquico-estruturais, subjetivas e profissionais. Para isso utilizamos o ferramental da teoria psicanalítica de Jacques Lacan, através dos quatro discursos mais um: o do Mestre, o Universitário, o da Histérica, o do Analista e o do Capitalista. Constatamos que a gestão universitária, inclusive em seu vetor estratégico e de gestão de pessoas, acabam por compor um controle heterônomo que interfere no ethos universitário, essencialmente definido por nós como "a ética do bem-conduzir o bemdizer". Concluiremos que a universidade em seu ethos e modus operandi faz confluir, sobrepondo, conhecimento, saber, ciência e práxis, exigindo nova ética institucional (a do “saber-exigente face à lógica do fazer sentido”) que redimensiona, re-articula dialeticamente e implica incisivamente, de forma inovadora do ponto de vista administrativo-gerencial e de gestão de pessoas, o(s) discurso(s) e a(s) prática(s).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Antonio Hello, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/REITORIA/DGRH/INFORMÁTICA

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

HELLO, F. A. Ciência e gestão na universidade pública: das interfaces epistemológicas à práxis possível. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 126–127, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7765. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7765. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Área de Ciências Humanas e Artes