A construção de hábitos de cortesia na creche

Autores

  • Rosineide Santos Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7755

Palavras-chave:

Creche. Hábitos de cortesia e educação

Resumo

O presente relato de experiência refere-se à construção de “Hábitos de Cortesia” na Creche Área de Saúde, com crianças na faixa etária de 2 a 4 anos de idade. Este trabalho com crianças pequenas na creche visou explorar conceitos sobre alguns sentimentos como a raiva, a tristeza, a solidão, a vergonha, a ansiedade...e a partir daí reconhecer hábitos de cortesia como pedir desculpas, cuidar de seus pertences, respeitar as diferenças de opiniões, cumprimentar as pessoas. O recurso metodológico utilizado foi o livro de literatura infantil “ Manias de explicação” de Adriana Falcão. Utilizamos o espaço dos cantinhos (quarto, cozinha, sala, posto de saúde, supermercado) e as salas temáticas divididas nos seguintes temas: Artes, Natureza, Movimento e Histórias como palco das vivências desses sentimentos. Às sextas-feiras as atividades eram diferenciadas proporcionando momentos como passeios de ônibus, Dia do Pastel, Dia do Sorvete, assistir vídeo na Casa do Lago facilitando a vivência de situações de interação entre criança-criança. As atividades foram documentadas através de imagens, vídeos e escrita no caderno de atividades do módulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosineide Santos Silva, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/DGRH/DEdIC/CAS

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

SILVA, R. S. A construção de hábitos de cortesia na creche. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 136–136, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7755. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7755. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Área de Ciências Humanas e Artes

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)