Equipamento tipo jato cavitante para desinfecção de águas residuais

Autores

  • Maiara Pereira Assis Universidade Estadual de Campinas
  • José Gilberto Dalfré Filho Universidade Estadual de Campinas
  • Ana Inés Borri Genovez Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7729

Palavras-chave:

Jato cavitante. Cavitação. Desinfecção de água

Resumo

Atualmente, a qualidade da água potável é um tema da maior importância. Isso porque a sua qualidade vem se deteriorando ao longo dos anos devido à poluição de indústrias, de atividades de agricultura, e ao aumento do esgoto doméstico gerado pelo aumento populacional. Uma das grandes preocupações é a poluição da água pelo lançamento de esgotos. Isto leva a introdução de microorganismos patogênicos, que podem causar várias doenças, algumas das quais podem ser fatais. A qualidade da água para fins de consumo humano pode ser melhorada controlando a poluição ou com o aprimoramento das técnicas de desinfecção, que consistem da destruição de microrganismos presentes na água e é, portanto, uma etapa extremamente importante do ponto de vista da saúde pública. O uso do fenômeno da cavitação para desinfecção da água tem despertado a atenção como se verifica na Literatura. Isso porque o método que utiliza a cavitação elimina grande parte do uso de reagentes químicos utilizados nos tratamentos tradicionais, podendo, até mesmo, eliminar o uso destas substâncias. O objetivo deste trabalho é adaptar o equipamento tipo jato cavitante para aumentar a eficiência na desinfecção de água, empregando este processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maiara Pereira Assis, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FEC

José Gilberto Dalfré Filho, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FEC

Ana Inés Borri Genovez, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FEC

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

ASSIS, M. P.; DALFRÉ FILHO, J. G.; GENOVEZ, A. I. B. Equipamento tipo jato cavitante para desinfecção de águas residuais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 111–112, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7729. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7729. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Área de Exatas e Tecnológicas