Desenvolvimento de parte estrutural de prótese de mão humana com movimentos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7725

Palavras-chave:

Mão. Prótese. Mecanismo. Impulsos mioelétricos

Resumo

Devido à ocorrência de um grande número de acidentes de vários tipos, como os de trabalho e de trânsito, além de doenças, que fazem com que muitas pessoas necessitem do uso de próteses para substituir um membro afetado, foi desenvolvido neste trabalho um protótipo de estrutura de prótese de mão humana. Em analogia com uma máquina, a mão é uma ferramenta terminal com atuadores exercendo várias funções como preensão de objetos, movimentação, sensibilidade à textura e temperatura. Trata-se de um membro muito utilizado, exposto e complexo, que quando demanda sua substituição por uma prótese encontra obstáculos em várias áreas, desde aspectos tecnológicos, morfológicos, psicológicos e ainda financeiros. O mercado mundial de próteses dispõe de modelos com tecnologia avançada e grande gama de recursos, mas por se tratar de um produto que ainda não é produzido em larga escala, que possui componentes de alta tecnologia e de alto custo, não atinge o grande número de pessoas que necessitam de sua utilização. A pesquisa desenvolvida neste trabalho buscou a construção de um mecanismo com dimensões e movimentos similares à mão humana, utilizando-se de componentes e matérias-primas simples e de custo relativamente baixo, que poderá ser utilizado como base estrutural em um produto final acabado que incorpore as áreas de revestimento cosmético, motorização e sensorização, podendo assim obter uma prótese que realize movimentos atendendo a impulsos mioelétricos gerados pelo paciente, e que seu custo final de construção, variedade de movimentos e praticidade na colocação viabilizem sua utilização por um maior número de pessoas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Eduardo Polis, Universidade Estadual de Campinas

Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (2009), estando em fase de conclusão para defesa de tese de Doutorado pela mesma universidade. Graduação em Administração de Empresas c/ Habilitação em Análise de Sistemas, pela Sociedade Educacional Fleming (2006) e Técnico em Mecânica pela Unicamp (1981). É funcionário da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, em regime CLT, atuando na érea de apoio ao ensino e à pesquisa. Professor do Centro Universitário Salesiano de São Paulo - Unisal, em cursos de MBA em Gestão e Engenharia de Produtos, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Automação Industrial, Tecnologia em Sistemas Automotivos e Tecnologia em Automação Industrial. Tem experiência nas áreas de processos de fabricação, gestão da qualidade e projetos. Busca um ensino focado para a realidade de um mercado dinâmico e inovador, em que a integração do aluno a este mercado, além de uma necessidade, é um fator de motivação para vencer novos desafios.

 

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

POLIS, J. E. Desenvolvimento de parte estrutural de prótese de mão humana com movimentos. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 85–85, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7725. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7725. Acesso em: 24 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Área de Exatas e Tecnológicas