Banner Portal
Aplicação do método FRAP em aulas práticas: determinação da atividade antioxidante em chás comerciais
PDF

Palavras-chave

Aula prática. Colorimetria. Método FRAP. Chá comercial

Como Citar

FERREIRA, Cristina B.; GHISELLI, Gislaine; BOCHI, Vivian C.; MEINHART, Adriana D. Aplicação do método FRAP em aulas práticas: determinação da atividade antioxidante em chás comerciais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 80–80, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7717. Acesso em: 19 jul. 2024.

Resumo

Diversas análises podem ser utilizadas em práticas de colorimetria, dentre elas, a do método FRAP (Ferric Reducing Antioxidant Power) - determinação da capacidade antioxidante - é uma metodologia rápida, precisa e capaz de se reproduzir em condições relativamente adversas. A medida da atividade antioxidante de alimentos, particularmente frutas, vegetais e bebidas, indica seu potencial in vitro como possíveis protetores frente à oxidação de estruturas biológicas. A escolha de chás comerciais como amostras se deve à grande aceitação destas bebidas pelos consumidores e o crescente interesse pelo esclarecimento de suas propriedades funcionais. Considerando a pouca experiência dos alunos de graduação, os quais realizam as análises somente no horário das aulas práticas em laboratório, com pouco tempo de executar repetições, esta metodologia promoveu a familiarização da técnica espectrofotométrica em estudo. As aulas práticas foram aplicadas com sucesso tanto na graduação como na pós-graduação, sendo que, para esta última, foram feitos testes de comparação entre os tempos de reação e de leitura.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Cristina B. Ferreira, Gislaine Ghiselli, Vivian C. Bochi, Adriana D. Meinhart

Downloads

Não há dados estatísticos.