Processualidade em gestão documental em acervos pessoais/institucionais de docentes da faculdade de ciências médicas

Autores

  • Emilton Barbosa Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Ivan Luiz Martins Franco Amaral Universidade Estadual de Campinas
  • Andressa Alejandra Fernandez Alday Universidade Estadual de Campinas
  • Cássia Mariane Pavanati Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7698

Palavras-chave:

Faculdade de ciências médicas. Centro de memória e arquivo. Gestão documental. Acervos pessoais. Acervos institucionais

Resumo

Na marca dos 47 anos de fundação da FCM, constata-se que os docentes dessa Faculdade produziram uma quantidade significante de documentos relacionados ao desenvolvimento de pesquisas. Essa documentação representa a evolução do conhecimento, da história das ciências da saúde e de parte da Instituição, e que em decorrência de desinformação e ações do tempo, provoca uma amnésia histórica constatada pela Instituição. Com a fundação do Centro de Memória e Arquivo FCM (CMA) em 2008 e a intensificação dos trabalhos de Gestão Documental dos seus técnicos, foi possível realizar o resgate e a destinação corretos deste rico patrimônio. Com isso, demonstra-se a processualidade desenvolvida no resgate a documentos científicos, administrativos de seus docentes, para servir como documentação primária de pesquisa. Anteriormente à destinação ao acervo, fazse necessária a manifestação de interesse do detentor da documentação por meio de ofício à Diretoria da FCM que instaura uma comissão de avaliação documental, composta de docentes, técnicos do CMA, Arquivo Central e bibliotecário especialista em obras raras da Biblioteca Central. Ao final do processo, expede-se um parecer final encaminhado para a Diretoria da FCM, sugerindo destinação para o conjunto documental. Nos casos de pareceres favoráveis à destinação ao CMA, o conjunto é processado tecnicamente e disponibilizado ao pesquisador. Este processo tem se firmado como ferramenta importante na preservação da memória científica da Unidade, graças aos acervos pessoais de docentes tais como: Prof. Dr. José Lopes de Faria, Prof. Dr. Oswaldo Vital Brazil, dentre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emilton Barbosa Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Ivan Luiz Martins Franco Amaral, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Andressa Alejandra Fernandez Alday, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Cássia Mariane Pavanati, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Publicado

2016-08-16

Como Citar

OLIVEIRA, E. B.; AMARAL, I. L. M. F.; ALDAY, A. A. F.; PAVANATI, C. M. Processualidade em gestão documental em acervos pessoais/institucionais de docentes da faculdade de ciências médicas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 29–29, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7698. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7698. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)