Iniciativa de preservação de documentos arquivísticos digitais: o estudo de caso da rádio e televisão UNICAMP

Autores

  • José Eduardo Ribeiro Paiva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7668

Palavras-chave:

Documentos arquivísticos. Registros audiovisuais. Preservação

Resumo

O International Research on Permanent Authentic Records in Electronic Systems (Projeto InterPARES 3) é uma ação colaborativa internacional de pesquisa sobre documentos arquivísticos autênticos em sistemas informatizados, composta de diversas equipes regionais, nacionais e multinacionais, que pretende traduzir a teoria e a metodologia de preservação digital em planos concretos de ação para conjuntos documentais que devem ser mantidos por longo prazo por instituições arquivísticas ou unidades de Arquivo dentro das organizações produtoras. A Unicamp integra o Projeto InterPARES 3, a partir de convênio firmado com o Arquivo Nacional, desenvolvendo atividades voltadas à execução do plano de trabalho intitulado: “Preservação de Documentos Arquivísticos Digitais Autênticos da Unicamp”. Os Registros Audiovisuais: Programas de TV, produzidos pela Rádio e Televisão da Unicamp (RTV), foram selecionados para compor os estudos do TEAM Unicamp. Estes documentos arquivísticos são mantidos pela sub-área de Arquivo e Documentação, que recebe o material em fitas matrizes em formato digital (DVCAM) e, após duplicá-lo em DVD para acesso, realiza a classificação e o armazenamento em depósitos climatizados, devendo ser mantidos ao longo do tempo de forma confiável, autêntica e acessível. Esse estudo no âmbito do Projeto InterPARES 3 visa a implementação de procedimentos de gestão e preservação de documentos audiovisuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Eduardo Ribeiro Paiva, Universidade Estadual de Campinas

Graduado em música, mestre em Artes e Doutor em Multimeios, Eduardo Paiva é professor do Departamento de Multimeios, Mídia e Comunicação e dos PPGs em Artes Visuais e Música do Instituto de Artes da Unicamp. Sua principal atuação é na área de criação sonora, audiovisual, e arte tecnologia, trabalhando principalmente com temas que abordem as questões criativas midiadas por processos tecnológicos. Também possui destacada atuação como produtor audiovisual, através da direção de programas para rádio e televisão voltados a área musical e a área de ensino. Foi chefe do Departamento de Multimeios, Mídia e Comunicação, onde implantou o Laboratório de Áudio e de Informática. Coordenou a produção de Mídias Audiovisuais do Projeto Condigitais (MEC/FNDE/UNICAMP) e foi diretor da Rádio e TV Unicamp no período de 2008/2012, onde implantou o projeto "Reestruturação e digitalização do banco de dados do Acervo de Rádio e Televisão da UNICAMP" com apoio financeiro da FAPESP. Além disto, promoveu a reforma técnica dos estúdios da RTV Unicamp e promoveu a implantação da Web Rádio. Foi diretor do Canal Universitário de Campinas em 2010 e 2012. Atualmente é membro da direção do FORCINE (Fórum Nacional de Cinema), membro da IASPM, da INTERCOM, editor da revista on line Sonora e lider do grupo de pesquisa "Tecnologia, Midia, Criação Sonora e Audiovisual".

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

PAIVA, J. E. R. Iniciativa de preservação de documentos arquivísticos digitais: o estudo de caso da rádio e televisão UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 36–36, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7668. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7668. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão