A arte contemplando o artista e a comunidade

Autores

  • Davi William Amancio Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7483

Palavras-chave:

Cultura. Arte. Exposição. Comunidade

Resumo

A Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural desenvolve um projeto que leva a Arte ao público de sua área de atuação e também a um público que, em sua espera por um atendimento médico ou odontológico, tem a oportunidade de apreciar as obras de artistas plásticos nas suas mais variadas formas de manifestação. Este projeto iniciou com a destinação de uma área do Centro de Convenções da Unicamp, para que artistas consagrados e artistas iniciantes pudessem colocar as suas obras à disposição de um público eclético. Com o apoio dos dirigentes de outros Órgãos desta Universidade foi possível expandir essas ações, de maneira totalmente inovadora para outros ambientes da Unicamp (Projeto Itinerante), no qual a comunidade tanto interna quanto externa que circula por estes Órgãos seja beneficiada pela Arte. Diversos expositores já se manifestaram afirmando ser este projeto muito relevante para a carreira artística, em função das matérias veiculadas nas mídias escrita e falada, valorizando o artista e sua obra.A Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural objetiva ampliar o campo de atuação destas exposições e já identificou outros espaços (em Limeira e Piracicaba, por exemplo), locais com grande circulação de pessoas. Cabe ressaltar que o público não se restringe apenas a comunidade acadêmica ou local, atingindo, também, a comunidade mais ampla da região metropolitana de Campinas. Como reconhecimento, os artistas começaram a doar um dos seus quadros expostos, o que permitiu a esta Coordenadoria a criação de um acervo específico deste projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Davi William Amancio, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

AMANCIO, D. W. A arte contemplando o artista e a comunidade. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 302–302, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7483. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7483. Acesso em: 6 out. 2022.