Arte, vida e alegria no jardim da minha creche! - descoberta e exploração do meio ambiente

Autores

  • Vera Lúcia Nunes Barboza Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7471

Palavras-chave:

Criança. Meio ambiente. Interação família-creche

Resumo

Este projeto visou despertar nas crianças, nas famílias e nas pessoas envolvidas o respeito à natureza, mostrar as diferenças entre insetos e reconhece-los, valorizar hábitos de cuidados, pois as pessoas só aprendem a respeitar aquilo que conhecem e amam. Métodos: Trabalhamos no berçário, com crianças de 12 a 15 meses, utilizando da exploração, da curiosidade, da observação e dos questionamentos feitos aos adultos, buscando entender como e por que acontecem os fenômenos da natureza e da sociedade. Utilizamos materiais como: livros de estórias, cartazes, painéis, figuras, cds, dvd, lupas, pazinha, regador, mudas de plantas, água, terra, barro, vasos e etc. Resultados: A partir das vivências do projeto foi possível reconhecer uma maior e melhor interação entre creche e família. Os pais tornaram-se agentes participantes do trabalho, contribuindo efetivamente com materiais, realizando pesquisas, e, inclusive, multiplicando a idéia de que, desde a primeira infância, trabalhar com os temas da natureza e sustentabilidade são fundamentais. Considerações Finais: Notamos que este espaço se tornou o local preferido da turma, dando origem ao nome do grupo TURMA DO JARDIM. Foram valorizadas todas as conquistas, vivências e descobertas por parte das crianças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Nunes Barboza, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

BARBOZA, V. L. N. Arte, vida e alegria no jardim da minha creche! - descoberta e exploração do meio ambiente. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 288–288, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7471. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7471. Acesso em: 1 dez. 2022.