Banner Portal
A relevância do conhecimento das características dos medicamentos antineoplásicos padronizados no Hospital da Mulher- Prof. José Aristodemo Pinotti (CAISM) UNICAMP
PDF

Palavras-chave

Antineoplásico. Manual de padronização. Câncer

Como Citar

SILVA, A. E. R. A relevância do conhecimento das características dos medicamentos antineoplásicos padronizados no Hospital da Mulher- Prof. José Aristodemo Pinotti (CAISM) UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 287–287, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7470. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

O câncer é uma doença caracterizada pela multiplicação e disseminação descontroladas de formas anômalas de células do próprio corpo. Os antineoplásicos são citotóxicos e sua administração exige cuidados. Erros de medicação podem causar problemas graves ao paciente e/ou profissional de saúde. O desenvolvimento da oncologia exige a atualização contínua dos profissionais da área da saúde sobre novos esquemas terapêuticos, conhecendo os aspectos farmacológicos dos medicamentos prescritos. O objetivo do trabalho foi revisar o manual de padronização dos antineoplásicos utilizados no tratamento de Câncer do Hospital da Mulher.  Utilizou-se o Drugdex SystemTM, e bibliografias específicas, com inclusão de informações de farmacocinética, farmacodinâmica, reações adversas, características irritantes, vesicantes, estabilidade e ajuste por função renal e hepática.  Foram analisados 21 medicamentos antineoplásicos, quanto a sua classificação Anatomical Therapeutic Chemical Code (ATC) sendo 05 Alcalóides de Plantas e Outros Produtos Naturais (23,81%), 04 Antimetabólitos (19,05%), 04 Outros Agentes Antineoplásicos (19,05%), 03 Antibióticos Citotóxicos e Substâncias Relacionadas (14,28%), 02 Agentes Alquilantes (9,52), 02 Antagonistas Hormonais e Agentes Relacionados e 01 Hormonas e Agentes Relacionados (4,77%). Dentre eles 13 necessitam de ajuste por função hepática (61,90%), 09 necessitam de ajuste por função renal (42,86%). Foram classificados também quanto à sua ação vesicante e/ou irritantes sendo excluídos os medicamentos de uso oral, onde dos 18 analisados, 06 são vesicantes (33,33%) e 06 são irritantes (33,33%). Os dados encontrados são relevantes para prevenção de problemas relacionados a medicamentos, contribuindo para o uso racional e para a segurança do paciente.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Ana Elisa Ribeiro Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.