Yoga e promoção da saúde

Autores

  • Pamela Siegel Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7467

Palavras-chave:

Yoga. Práticas mente-corpo. Medicina integrativa. Promoção da saúde. Estilo de vida

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os sintomas e o estado de bem-estar autodeclarados dos participantes do programa "Yoga e Promoção da Saúde", que consistiu em aulas de hatha yoga, utilizando técnicas corporais, respiratórias e conteúdo ético-filosófico, ministradas a dois grupos de docentes, funcionários e alunos, de uma universidade pública do Estado de São Paulo, entre agosto/dezembro de 2011 e março/junho de 2012.  Os participantes preencheram um instrumento adaptado do Measure Yourself Medical Outcome Profile (Mymop) nos momentos iniciais e finais do programa. Dos 20 participantes do Grupo 1, oito preencheram o instrumento e a metade apresentou melhora do sintoma declarado; concernente ao estado de bem-estar houve uma melhora para três deles. No Grupo 2, também com 20 participantes, 12 completaram o programa, dos quais nove tiveram melhoras nos sintomas autodeclarados e melhora da percepção de bem-estar para oito participantes.  Conclui-se que o yoga é uma prática mente-corpo que atua como importante terapêutica para a maior parte das pessoas, bem como que promove saúde para a maioria dos praticantes, inclusive ampliando sua capacidade de autopercepção e autocuidado corporal. Porém, destaca-se que não alcança o mesmo efeito positivo para todos aqueles que a praticam, como preconizam algumas tradições de yoga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pamela Siegel, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Gama Filho (1983), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (2006), doutorado (2010) e pós-doutorado (2014) em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas. Situa-se na interface entre a Psicologia e a Saúde Coletiva, com experiência em psicologia clínica, comunitária e social, e no terceiro setor, atuando principalmente na área das medicinas alternativas, complementares e integrativas (MACI) e pesquisa qualitativa em Saúde. É membro do Lapacis (Laboratório de Práticas Alternativas Complementares e Integrativas em Saúde) e do LPQS (Laboratório de Pesquisa Qualitativa em Saúde) ambos do Departamento de Saúde Coletiva, da Faculdade de Ciências Médicas, Unicamp. Está qualificada para ensino e pesquisa em Saúde Coletiva, Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, bem como Psicologia na Saúde

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

SIEGEL, P. Yoga e promoção da saúde. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 283–283, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7467. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7467. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida