Trabalho voluntário catastrofe santana do mundau – maceio alagoas - relato de experiência

Autores

  • Agnês Raquel Camisão Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7462

Palavras-chave:

Assistência de enfermagem. Desabrigados. Desastres naturais

Resumo

De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), desastre é o resultado de ocorrências adversas, naturais ou geradas pelo homem, sobre uma população vulnerável, causando danos humanos, materiais e ambientais e consequentes prejuízos econômicos e sociais. Trabalho voluntário é a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer de natureza, ou instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive a mutualidade. Descrever a atuação voluntária de enfermeiros, médicos, psicólogos e ativistas, no socorro às vítimas da enchente ocorrida em Alagoas. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência, realizado nas cidades de Santana do Mundaú e União dos Palmares em Alagoas - Brasil. O grupo de socorro foi composto por 2 enfermeiras, 1 médico, 2 psicólogos, 1 sargento e ativistas. A experiência ocorreu em junho de 2010 às vitimas das enchentes. A equipe atendia diariamente de 50 a 70 pessoas por meio de consultas, orientações e entrega de medicamentos. Parte da equipe fazia visitas domiciliares onde se ouvia as pessoas contando suas experiências de sofrimento e dor. Em um trabalho prestado voluntariamente em situações de catástrofes, realizar um atendimento físico às vitimas é tão importante quanto ouvi-las e tentar amenizar sua dor, uma vez que, estão vivendo um trágico momento em suas vidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Agnês Raquel Camisão Silva, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

SILVA, A. R. C. Trabalho voluntário catastrofe santana do mundau – maceio alagoas - relato de experiência. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 279–279, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7462. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7462. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida