Sala de espera na enfermaria de pediatria: instrumento da prática do serviço social do HC-UNICAMP

Autores

  • Jane Khater Santos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7457

Palavras-chave:

Família. Vínculo. Rede de apoio. Integração. Equipe

Resumo

A Sala de espera é um dos instrumentos mais utilizados na prática da área da saúde e é prescrito nos parâmetros de atuação do assistente social. Este espaço democrático das informações entre o profissional, os pais e acompanhantes permite estabelecimento de vínculo, promovendo o exercício da cidadania. 
O trabalho teve como princípio descrever as atividades desenvolvidas no grupo como forma de promoção da saúde. Foi realizado um estudo descritivo e prospectivo. Foram realizadas reuniões semanais com acompanhantes de crianças e adolescentes internados na UTI Pediátrica e Enfermaria de Pediatria. Variáveis elegidas: número de grupos realizados, grau de parentesco em relação aos pacientes e temas desenvolvidos. Desde 2010 estão sendo realizados grupos. A temática das dinâmicas: Benefício de Prestação Continuada -LOAS, Seguro DPVAT, Normas e rotinas do Hospital (ouvidoria, capelania, etc.), Previdência Social (pensão alimentícia, auxilio reclusão), ECA, Problemas do Grupo, Direitos do paciente, Programa de Prevenção ao Tabaco e Substância Psicoativas (ASPA-UNICAMP) e Dinâmica Familiar. Concluimos que o profissional pode intervir nos casos sociais e realizar os encaminhamentos aos serviços da rede. Houve uma maior aproximação entre os acompanhantes, proporcionando uma rede de apoio, solidariedade, troca de experiência, tendo como consequência uma maior integração entre as famílias e a equipe multiprofissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jane Khater Santos, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

SANTOS, J. K. Sala de espera na enfermaria de pediatria: instrumento da prática do serviço social do HC-UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 274–274, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7457. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7457. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida