Programa de Imunização do CSS/Cecom

Autores

  • Edite Kazue Taninaga Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7446

Palavras-chave:

Esquema de imunização. Vacinação em massa

Resumo

O programa de vacinação do Cecom , com 26 anos existência, tem desempenhado papel fundamental no controle de importantes doenças dentro da universidade, seguindo as normas do PNI (Programa Nacional de imunização) conforme condições epidemiológicas, operacionais e ocupacional . Esse trabalho, que antes oferecia apenas a vacina dT ( difteria e Tétano ) vem se aprimorando (juntamente com o calendário do PNI), e hoje oferece mais de 08 tipos de vacinas. Elas são realizadas diariamente, através de demanda espontânea, encaminhamento do DSSO, unidades, CTA,PA, consulta medica e de enfermagem, profissionais terceirizados e campanhas. Foi utilizado o estudo descritivo através de planilhas diárias, campanhas de vacinações e bloqueios em caso de surtos e epidemias, realizadas em 2000, 2009/2010, 2011 e 2012 (parcial). Os resultados demonstram que o número de pessoas atendidas na rotina vem crescendo ao longo dos anos (ano 2000 = 1919; ano 2010= 2311; ano 2011 = 2891; ano 2012 (até maio) = 1735 ). Quando se refere à vacinação em massa na população da Unicamp, podemos afirmar que em 2008, por razão de surto na região, foram vacinadas contra sarampo 9744 pessoas; em 2009/2010, devido à epidemia nacional ,foram vacinadas contra H1N1 13208 pessoas; e não se pode deixar de registrar a vacinação de bloqueio nacional contra Febre Amarela,no ano de 2000, onde o Cecom teve participação ativa, vacinando 5197 pessoas. Concluindo fica evidente que o aprimoramento, o crescimento e a continuidade deste programa é de grande importância para a universidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edite Kazue Taninaga, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

TANINAGA, E. K. Programa de Imunização do CSS/Cecom. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 263–263, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7446. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7446. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>