Orientações de alta as mães e crianças portadoras de insuficiência renal crônica em diálise peritoneal domiciliar

Autores

  • Emiliana Aparecida Freitas Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7429

Palavras-chave:

Insuficiência renal crônica chave. Diálise Peritoneal chave. Educação em saúde chave. Enfermagem chave

Resumo

O objetivo desse estudo foi à elaboração de um folder educativo contendo orientações de alta relevante a mães de crianças em diálise peritoneal ambulatorial. Esse estudo foi realizado a partir de uma revisão na literatura, análise e discussão utilizando os artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais, os quais abordavam a temática Diálise Peritoneal, sendo esses indexados nos bancos de dados da BDENF, LILACS, MEDLINE e SCIELO. Os resultados apontaram um total de 32 referências analisadas, 10 referências acessadas na íntegra e o restante dos acessos foram por meio de resumo eletrônico. Os principais assuntos encontrados foi sobre a insuficiência renal crônica, doença crônica, tratamento dialítico, qualidade de vida do paciente em tratamento dialítico, transplante renal, atuação do enfermeiro como educador e orientador dos cuidados com a diálise peritoneal e morbidade da doença. Há um crescente no número de crianças portadoras de doença crônica a qual acomete os rins levando a falência dos mesmos, sendo necessário um tratamento dialítico entre eles a diálise peritoneal. Durante o planejamento de alta, o enfermeiro tem um papel fundamental, sobretudo o educativo em relação ao procedimento da diálise peritoneal, realizando treinamentos com as mães, orientando-as sobre a técnica e os cuidados, desde a lavagem das mãos, até a organização do ambiente. Sendo importante destacar neste estudo a atuação do profissional enfermeiro na orientação de alta as mães e crianças com insuficiência renal crônica em diálise peritoneal, além de contribuir para que a assistência de enfermagem humanizada seja realizada com conhecimento científico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emiliana Aparecida Freitas, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

FREITAS, E. A. Orientações de alta as mães e crianças portadoras de insuficiência renal crônica em diálise peritoneal domiciliar. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 246–246, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7429. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7429. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida