Banner Portal
O farmacêutico clínico na equipe multidisciplinar e a segurança do paciente
PDF

Palavras-chave

FAST-HUG. Farmácia Clínica. Segurança do paciente

Como Citar

SILVA, Ana Elisa Ribeiro. O farmacêutico clínico na equipe multidisciplinar e a segurança do paciente. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 237–237, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7420. Acesso em: 17 jun. 2024.

Resumo

O FAST HUG foi proposto por Jean-Louis Vincent como ferramenta de gerenciamento de protocolos clínicos de controle dos pontos-chave no manejo de pacientes críticos, sendo: Alimentação, Analgesia, Sedação, Tromboprofilaxia, Elevação de Cabeceira, Profilaxia de Úlceras e Controle Glicêmico. Este trabalho buscou evidenciar a utilização deste instrumento e a experiência da inserção do farmacêutico na equipe da Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTI). Para isso avaliou-se 44 prescrições no período de outubro a janeiro/11 em um estudo tipo coorte. As interações medicamentosas (IM) foram listadas como menor, moderada, maior e contraindicada do ponto de vista teórico. A base de dados utilizada foi DrugReax/Micromedex®. Foram identificadas 171 IM, sendo que 16 IM menor, 116 moderada, 37 maior e 02 contraindicada. Segundo a Anatomical Therapeutic Chemical Code, 33% das IM relacionavam-se ao sistema cardiovascular, 24% nervoso central, 17% sangue e 9% trato gástrico e 17% por outros. A interação multidisciplinar contribuiu para o uso racional de medicamentos e para a segurança do paciente.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Ana Elisa Ribeiro Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.