Contribuições da prática de atividades físicas e laborais na melhoria da saúde e qualidade de vida - programa mexa-se EMBRAPA

Autores

  • Carlos Aparecido Zamai Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7379

Palavras-chave:

Embrapa. Qualidade de vida. Programa mexa-se

Resumo

Este trabalho objetivou verificar as contribuições de um programa de atividades físicas orientadas (Programa Mexa-se na Embrapa) na melhoria da saúde e qualidade de vida dos participantes após 12 meses de oferecimento. Os principais benefícios à saúde proveniente da prática de atividade física referem-se aos aspectos antropométricos, neuromusculares, metabólicos e psicológicos. O estilo de vida sedentário é um fator de risco dependente para as doenças coronariana e acidente vascular, principais causas de morte no mundo. (Zamai, 2009; Bankoffet al, 2010). Para a coleta de dados foi desenvolvido um protocolo específico contendo perguntas, as quais foram realizadas na Embrapa no mês de setembro - 2012. De um total de 26 pessoas que participam semanalmente das atividades físicas/laboral obtivemos de forma qualitativa as seguintes respostas: 1) Melhora na respiração; 2) Menor nervosismo/ melhora no aspecto psicológico; 3) Recuperação das energias/ maior disposição para o trabalho; 4) Leveza/ bom humor; 5) Integração social; 6) Melhora do condicionamento físico (com as dicas); 7) Melhora no sono. Em aspectos gerais os participantes apontam que houve melhoras: 17 sujeitos apontam os aspectos físicos; 6 aspectos psicológicos e 5 o aspecto social. Verificou-se que através das praticas oferecidas houve melhoras em diversos aspectos. A princípio vimos que a prática de atividades físicas orientadas contribuiu positivamente para a melhoria da qualidade de vida e da saúde dos sujeitos analisados, onde se recomenda continuidade no desenvolvimento de atividades diárias no setor de trabalho semanalmente. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Aparecido Zamai, Universidade Estadual de Campinas

Graduado pela Faculdades Asmec, mestrado e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas. Trabalho como Profissional Especializado em pesquisa no Laboratório de Avaliação Postural desde 1988 na Faculdade de Educação Física-Unicamp); Professor Titular da Universidade Paulista ? Campinas, Limeira e Sorocaba (Disc.: Metodologia científica,trabalho de conclusão de curso, tópicos de atuação profissional, educação física no ensino fundamental e médio, estrutura e funcionamento do ensino, didática geral e específica, prática de ensino e estágio supervisionado). Coordenador de curso na Faculdade Politec e professor das disciplinas de metodologia da pesquisa e didática geral. Tem experiências na área de Educação desde 2001, atuando e pesquisando temas como: atividade física e saúde, professores de educação física, nível de conhecimento, sobrepeso e obesidade entre escolares, qualidade de vida e atividade física entre crianças e jovens. Ministrou aulas no Centro Universitário de Votuporanga (2001 - cursos de pedagogia e educação física e fisioterapia); Faculdade ASMEC - Ouro Fino-MG (pedagogia e educação física 2004 e 2005); Instituto de Ensino Superior de Campinas (2006 - Pedagogia); na Universidade Paulista em Campinas, Jundiaí, Sorocaba e Limeira (licenciatura em educação física desde 2004); Ministrou módulo de didática aplicada junto ao curso de pós-graduação e ?Metodologia do Ensino Superior? na Faculdade ASMEC e as disciplinas: metodologia da pesquisa científica e monografia. Membro titular de bancas de monografia desde 2004; orientador de monografias desde 2004 junto aos cursos de pedagogia-Faculdade ASMEC e educação física-Unip (licenciatura). Coordenador do Programa de Convivência e Atividade Física na Unicamp desde 05/2004 (10 bolsistas trabalho SAE/Unicamp e 03 estagiários/Educação FísicaUnip).

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

ZAMAI, C. A. Contribuições da prática de atividades físicas e laborais na melhoria da saúde e qualidade de vida - programa mexa-se EMBRAPA. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 196–196, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7379. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7379. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>