Avaliação da qualidade de vida do idoso

Autores

  • Samuel Rodrigues Paula Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7370

Palavras-chave:

Idoso. Qualidade de vida. Enfermagem

Resumo

Introdução: A velhice é caracterizada por uma redução nos contatos sociais e devido ao aumento da população idosa surge a necessidade de investigar fatores relacionados ao processo de envelhecimento e a Qualidade de Vida (QV). Objetivos: avaliar a QV do idoso, os aspectos importantes na vida e o grau de satisfação a respeito da QV. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva com análise quantitativa dos dados, realizada no centro de referência do idoso (CRI) com uma amostra de 50 idosos utilizando WHOQOL-OLD. Resultados: Verificou-se que os idosos encontram-se satisfeitos com a sua liberdade e autonomia, porém insatisfeitos com a vida socioeconômica, demostram satisfação na vida amorosa com grande preocupação com o futuro, mas em relação ao item morte e morrer não obtivemos resultado. Conclusão: A QV não pode ser vista de forma única e objetiva, ela tem um caráter subjetivo e devem-se levar em conta vários fatores como: socioeconômicos, as particularidades, a relação com a sociedade e com a família, as condições básicas para uma vida saudável, a cultura, sensação de bem estar, a autoestima. Esses fatores produzem certo impacto na enfermidade e QV. O ambiente físico, político, cultural em que o individuo estiver situado pode facilitar ou dificultar o processo de adaptação, acelerando ou retardando o envelhecimento, os idosos estão mais ativos com maior esperança de vida, e não apenas vivendo mais, mas também, com maior QV, com isso os pré-conceitos em relação à velhice já não fazem parte da nossa realidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samuel Rodrigues Paula, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

PAULA, S. R. Avaliação da qualidade de vida do idoso. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 187–187, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7370. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7370. Acesso em: 26 jan. 2023.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida