Acolhendo o aluno ingressante

Autores

  • Ademilde Félix Gomes Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7348

Palavras-chave:

Graduação. Mentoria. Formação

Resumo

Em 2008 foi feito um projeto piloto do programa de mentoria na FEEC. Após este evento, três outros foram organizados em 2009, 2010 e 2011 e os resultados mostraram-se positivos. O objetivo do projeto foi o de acolher o aluno de graduação ingressante que, ao chegar à Universidade, muitas vezes demonstra estar despreparado para a realidade com que se depara. A mentoria não é exatamente semelhante à orientação. Uma diferença fundamental entre ambas é o fato de nessa iniciativa estar envolvida tanto a relação pessoal quanto a profissional. Um orientador pode ou não ser um mentor, dependendo da qualidade da relação. Na mentoria, as necessidades do aluno, assim como a natureza da relação, tendem a mudar e o mentor deve estar atento a estas mudanças. Deve, também, variar o grau, tipo de conselho, informação e encorajamento fornecidos. As quatro edições do evento foram organizadas pela Direção da FEEC com a colaboração das entidades estudantis e de servidores técnico-administrativos. Foram realizados vários encontros com grupos de professores e alunos ingressantes da FEEC e do IC e as oficinas, que tinham o intuito de aproximar estes dois grupos, foram coordenadas por uma psicóloga em 2008, uma psicoterapêuta em 2009, uma psicóloga em 2010 e uma equipe de assessoria de dinâmicas em 2011. É importante que outras iniciativas de acolhimento a alunos ingressantes sejam estimuladas e replicadas na Universidade. Os conselhos e o encorajamento fornecidos podem auxiliar na formação do indivíduo e fazer com que ele seja um profissional mais equilibrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ademilde Félix Gomes, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

GOMES, A. F. Acolhendo o aluno ingressante. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 165–165, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7348. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7348. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida