A atuação do serviço social/GGBS no projeto familiarizando

Autores

  • Cleonilda Costa Santos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v4i4.7334

Palavras-chave:

Serviço social. Família. Dependência química

Resumo

O Projeto Familiarizando tem por finalidade proporcionar acolhimento aos familiares dos servidores atendidos pelo Programa de Atenção a Dependência Química, a partir do momento que o funcionário acompanhado por seu familiar adere ao programa oferecido na Internação e/ou Tratamento Ambulatorial.
O projeto tem por objetivo, oferecer orientação profissional aos familiares sobre como lidar com a questão da dependência química, com vistas à potencialização da possibilidade de recuperação do servidor. Além disso, visa ampliar a rede de apoio e o fortalecimento da família, tendo em vista que a mesma tem um papel fundamental no processo de tratamento do dependente químico, oferecendo possibilidades de mudança na rotina familiar no sentido de retirar o foco central da droga/álcool. A metodologia utilizada prevê a realização de aproximadamente 06 encontros quinzenais, com a presença de até 02 membros da família e temas previamente estabelecidos. oportunizando a reflexão sobre questões cotidianas que envolvem a dependência. Para tanto, as ações da equipe são estruturadas a partir de escuta qualificada e acolhimento individual ao familiar. Essas reuniões devem se realizar desde a internação até o término do Tratamento Ambulatorial, podendo se estender a critério da família ou da Equipe. O projeto já foi implementado e apresenta boa adesão dos familiares , isso indica a importância de iniciativas dessa natureza para o fortalecimento da família e a ampliação das possibilidades de recuperação do dependente químico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleonilda Costa Santos, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-07-15

Como Citar

SANTOS, C. C. A atuação do serviço social/GGBS no projeto familiarizando. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 151–151, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v4i4.7334. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7334. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida