Banner Portal
A contribuição do AEL frente os crimes da ditadura no Brasil com a digitalização do Projeto Brasil: Nunca Mais
PDF

Palavras-chave

Arquivo Edgard Leuenroth. Ditadura no Brasil. Projeto Brasil
Nunca mais

Como Citar

ALVES, M. C. A contribuição do AEL frente os crimes da ditadura no Brasil com a digitalização do Projeto Brasil: Nunca Mais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 4, n. 4, p. 92–92, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7308. Acesso em: 8 dez. 2023.

Resumo

Este trabalho vem demonstrar a contribuição que o Arquivo Edgard Leuenroth (AEL), enquanto arquivo existente dentro da temática movimentos sociais, tem dado as diversas pesquisas e investigações sobre os crimes da ditadura no Brasil. Há uma retomada, na sociedade brasileira, da apuração dos crimes cometidos pela ditadura civil-militar contra os trabalhadores e o povo brasileiro.  O tema ainda não é popular, onde a sociedade brasileira conversa com maturidade sobre o assunto, principalmente nas instituições de ensino, mas há muitas notícias na imprensa, reportagens, publicações de memórias de militantes ou familiares dos perseguidos.  O AEL através do Projeto FAPESP desenvolvido em 2011 empenhou-se em organizar a documentação do Projeto Brasil: Nunca Mais para digitá-lo e dar acesso on-line. No decorrer dos trabalhos passou a fazer parte do Projeto Brasil: Nunca Mais digit@l juntamente com o Ministério Público Federal, o Arquivo Público do estado de São Paulo (AESP) e o Armazém Memória a fim de digitalizar toda documentação do projeto a partir dos microfilmes que estavam fora do país.  A meta é disponibilizar em 2013 toda esta documentação por meio digital que retrata as graves violações aos direitos humanos, visando à preservação e a ampliação das possibilidades de informação e pesquisa no acervo do AEL, visto a nova lei que acabou com o sigilo de documentos referentes aos direitos humanos e a criação da Comissão Nacional da Verdade. 
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Miriam Cristina Alves

Downloads

Não há dados estatísticos.