Resignificação da corporalidade à partir da reflexão filosófica em indivíduos portadores de deficiência física

Autores

  • Marta Aparecida Prando Ramos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7228

Palavras-chave:

Filosofia. Corporalidade. Superação

Resumo

Citando Protágoras (485 a.C-411 a.C) “o homem é a medida de todas as coisas, tanto das coisas que são e das que não são”, surge a questão, quais as coisas que são e quais as que não são? Nesta linha de pensamento , observar-se que, pessoas que sofrem a perda de algum seguimento do corpo e assim proporções de sua corporiedade constroem um novo caminho a partir desta perda, apoiado no que restou. Para Espinosa (1632-1677), o ser humano é dotado de uma potência de ação exteriorizada pela interação com o mundo, colocando o pensamento de que se o corpo sofre, a alma é miserável, gerando o pensamento de que corpo e alma estão intimamente ligados. Já a superação humana é citada por Nietzsche (1844-1900) afirmando que o homem é uma corda esticada entre o animal e o super-homem, uma corda sobre um abismo, o que nos faz pensar que a superação está dentro do ser, guardada para o momento necessário. . O estudo buscou na literatura trechos filosóficos referentes a vida, a importância do corpo e da essência do ser humano para a superação. Conclui-se que existem teorias filosóficas citando o behaviorismo ou a teoria do “super-homem” de nietzsche,a afirmação de que o homem sofre uma influência, externa ou interna, em sua maneira própria de ser, mantendo- se ativo para a vida, e de acordo com seu conhecimento, busca um meio de continuar interagindo socialmente, representando o papel de um individuo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

RAMOS, M. A. P. Resignificação da corporalidade à partir da reflexão filosófica em indivíduos portadores de deficiência física. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 239–239, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7228. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7228. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida