Banner Portal
O serviço social do ambulatório de oncologia clínica do HC/UNICAMP e a consolidação de direitos do paciente oncológico
PDF

Palavras-chave

Serviço social. Saúde. Direitos

Como Citar

FONTANA, Rosana Oliveira Corte; NABAS, Marcelle Cristine. O serviço social do ambulatório de oncologia clínica do HC/UNICAMP e a consolidação de direitos do paciente oncológico. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 222–222, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7210. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

Historicamente o Serviço Social tem como objeto de intervenção a questão social, que condensa lutas sociais de sujeitos individuais e coletivos no enfrentamento das desigualdades e opressões da sociedade do capital. A Constituição Federal de 1988 estabeleceu uma nova concepção de Seguridade Social, situando-a agora no campo de direito de cidadania e dever do Estado, criando condições objetivas de romper com a forma tradicional de tratar o campo da política social pública, assegurando direitos universais de acesso à Saúde, à Previdência Social e à Assistência Social. A saúde é certificada como “um direito de todos e dever do Estado”. O trabalho do assistente social em hospitais públicos revela violações e violências que ocorrem na vida de sujeitos demandantes e usuários da Saúde. Assegurar o acesso a direitos é um desafio que se coloca cotidianamente no exercício da profissão. Tendo como base, a análise socioeconômica do paciente admitido no Ambulatório de Oncologia Clínica, identificamos e definimos ações inerentes a cada caso. No primeiro semestre deste ano, encaminhamos 43% de demanda para a obtenção de direitos previdenciários e 22% para direitos assistenciais. Ações como estas contribuem para a superação de problemáticas sócio familiares dos pacientes oncológicos, sendo que, neste processo, o Serviço Social contribui como um agente facilitador à adesão à um tratamento longo, complexo e por vezes muito sofrido.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Rosana Oliveira Corte Fontana, Marcelle Cristine Nabas

Downloads

Não há dados estatísticos.