Educação infantil e os jogos possíveis

Autores

  • Fátima Aparecida Barrios Universidade Estadual de Campinas
  • Reinaldo Naia Cavazani Universidade Estadual de Campinas
  • Roberto Rodrigues Paes Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7202

Palavras-chave:

Educação física. Educação infantil. Brincadeiras

Resumo

Este estudo foi realizado no CECI/UNICAMP – Centro de Convivência Infantil, uma instituição que atende filhos de funcionários e alunos, desta Universidade, menores de 06 anos de idade. É notório que as transformações sociais afetaram a rotina da criança quanto ao brincar. O objetivo deste estudo foi o de verificar no cotidiano das crianças diante de sua rotina diária o quanto deste tempo é dedicado ao ato de brincar. Material/Metodologia: O procedimento metodológico utilizado foi por meio de consulta aos pais ou responsáveis no ano de 2013. Dois grupos de crianças, entre meninos e meninas na faixa etária de 05 e 06 anos de idade, totalizando 47 crianças das quais 35 participaram da pesquisa. As crianças permanecem de 10 a 12 horas/dia entre transporte e creche; 86% das crianças  desta amostra residem em Campinas; 54,28% em casas, 83% tem acesso a locais próprios para o lazer, porém, 57% brincam dentro de casa. Observou-se também que 100% destas crianças assistem TV diariamente e 71% de 1 a 3 horas/dia diante da televisão. Conclui-se que as crianças têm uma rotina diária sobrecarregada e que o brincar está pouco presente neste cotidiano. A vivência e a relação com as brincadeiras no caso deste estudo acontecem com maior frequência no ambiente escolar e parte desta conquista se deve as atividades lúdicas promovidas pela Educação Física, por meio dos jogos possíveis, com ênfase ao ensino, vivência e aprendizagem, satisfazendo a vontade que a criança tem de viver a brincadeira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Aparecida Barrios, Universidade Estadual de Campinas

Professora de Educação Física junto ao PRODECAD - Programa Integração e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente, uma das unidades da DEdIC - Divisão de Educação Infantil e Complementar da Universidade Estadual de Campinas. Possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1980). Especialização em Pedagogia do Movimento em 2005 pela FEF/Unicamp, Especialização em Métodos de Pesquisa em Educação Física, Esportes e Lazer em 2001 pela Faculdade e Educação Física/Unicamp.

Reinaldo Naia Cavazani, Universidade Estadual de Campinas

Licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista campus Rio Claro-SP (1991), Mestre em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista campus Rio Claro-SP (2012). É professor de Educação Física do ensino fundamental na Prefeitura Municipal de Hortolândia-SP responsável pela disciplina Judô e na Universidade Estadual de Campinas, atua como professor de Educação Física na Educação Infantil e não formal. Apresenta interesse no estudo da pedagogia do esporte, formação profissional do professor e treinador esportivo e na teoria social cognitiva.

Roberto Rodrigues Paes, Universidade Estadual de Campinas

Possui Graduação em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1979), Mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1989) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Atualmente é Professor Titular pela Universidade Estadual de Campinas. Foi membro do Grupo de Trabalho Instituído pelo Ministério Extraordinário dos Esportes no âmbito do Instituto Nacional de Desenvolvimento do Desporto, que teve por finalidade assessorar o Instituto no processo de implantação do Programa Esporte Educacional (1996-2000) no Brasil; Membro da Comissão de Especialistas de Ensino da Área de Educação Física- Ministério da Educação - Secretaria da Educação Superior (2000-2002), Coordenador de Extensão da Faculdade de Educação Física da Unicamp (1990-1995); Diretor Associado da Faculdade de Educação Física da Unicamp (1998-2002); Diretor da Faculdade de Educação Física da Unicamp (2002-2006); Lider do Grupo de Estudos em Pedagogia do Esporte (GEPESP) credenciado no CNPq desde 2006; Diretor Executivo da Fundação de Desenvolvimento da Unicamp-FUNCAMP (2008-2010); Prefeito do Campus da Universidade Estadual de Campinas (2009-2012) e Pró-Reitor de Desenvolvimento Universitário da Universidade Estadual de Campinas no período de 07 de junho de 2012 a 30 de abril de 2013. 

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

BARRIOS, F. A.; CAVAZANI, R. N.; PAES, R. R. Educação infantil e os jogos possíveis. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 215–215, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7202. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7202. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida