Banner Portal
Método para resolução de infecção radicular dental
PDF

Palavras-chave

Infecção. Apicectomia. Periodontite apical

Como Citar

PEREIRA DOS SANTOS, W.; BRILHANTE, O. Método para resolução de infecção radicular dental. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 157–157, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7190. Acesso em: 1 mar. 2024.

Resumo

O tratamento endodôntico na grande maioria dos casos consegue resolver problemas relacionados a infecções dentais. Porém, em um número reduzido de situações, mesmo com todo avanço tecnológico e científico na área da Odontologia, particularmente na Endodontia, a infecção persiste, e o elemento dental acaba sendo encaminhado para extração. Existe um método que visa à manutenção de elementos dentais portadores de infecções radiculares persistentes (periodontites apicais), que consiste em uma microcirurgia (apicectomia), onde é feita a curetagem e a eliminação da infecção (cisto, granuloma, ou outras patologias), seguida da ressecção do ápice radicular com a posterior retro-obturação com MTA (Mineral Trióxido Agregado). Tal procedimento permite a manutenção de dentes que de outro modo estariam com suas extrações indicadas, e desta forma mantém a função mastigatória, a estética e a saúde oral e geral do paciente. Paciente da área de Endodontia do CECOM foi submetido à apicectomia, seguida por curetagem de lesão periodontal apical e retro-obturação com MTA. Foram utilizados microcinzeis, microcuretas, microespelhos, microcondensadores, brocas  de alta rotação (Zecrya e de acabamento), porta MTA e MTA (Angellus), durante o procedimento cirúrgico. Após 5 meses de proservação, o elemento dental em questão, apresenta-se assintomático, em função e esteticamente agradável. Caso irá ser acompanhado ainda por um período de 15 meses. A apicectomia apesar de ser um procedimento muito técnico e delicado, constitui-se em um método relativamente barato e absolutamente eficaz na resolução de infecções dentais radiculares.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Wellington Pereira dos Santos, Olavo Brilhante

Downloads

Não há dados estatísticos.