Banner Portal
Internação psiquiátrica e a importância da família
PDF

Palavras-chave

Internação psiquiátrica. Famílias. Serviço social

Como Citar

CANUTO, I. V.; COSTA DE OLIVEIRA, J. M. Internação psiquiátrica e a importância da família. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 155–155, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7188. Acesso em: 1 mar. 2024.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar dados da internação psiquiátrica, os relacionando com a importância da família no tratamento do transtorno mental, com base nas internações na enfermaria de psiquiatria, Hospital das Clinicas UNICAMP. A internação psiquiátrica é um processo de tratamento da crise configurada como quadro psiquiátrico, em que ocorre agravo dos sintomas, apresentando alteração do comportamento, necessitando de cuidados intensivos. O tratamento consiste na elaboração do diagnóstico, observação do comportamento, ajuste da medicação, ações terapêuticos que permitam a reabilitação. No tratamento é muito importante a participação da família: levantamento histórico, observação dos sintomas, início da doença e auxilio no cuidado. Em meio a vulnerabilidade social a família se encontra fragilizada e muitas vezes não sabe lidar com o paciente com  transtorno mental, nestes casos é importante o trabalho do assistente social em conjunto com a rede de apoio, buscando trabalhar os aspectos sociais. Atualmente pode ser observada mudança nas configurações familiares, existindo um aumento no numero de família monoparental, portanto isso pode trazer uma maior responsabilização no cuidado para um dos membros da família.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Islania Vieira Canuto, Julinha Maria Costa de Oliveira

Downloads

Não há dados estatísticos.