Relação do índice de massa corpórea e circunferência da cintura abdominal com a pressão arterial entre servidores da UNICAMP

Autores

  • Carlos Aparecido Zamai FEF/UNICAMP
  • André Mendes Lima FEF/UNICAMP
  • Claudia Maria Peres FEF/UNICAMP
  • Elizabeth dos Santos Bonfim FEF/UNICAMP
  • Patrícia Asfora Falabella Leme FEF/UNICAMP
  • Renata Cristina di Grazia FEF/UNICAMP
  • Ricardo L. Salvaterra Guerra FEF/UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7160

Palavras-chave:

Índice de massa corpórea. Circunferência da cintura. Pressão arterial.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar a relação do Índice de Massa Corpórea (IMC) e circunferência da cintura (CC) com a pressão arterial (PA) de 78 servidores de ambos os gêneros que participam das atividades nos grupos (G1, G2 e G3) de condicionamento físico do Programa Mexa-se da UNICAMP, 03 vezes semanais. Foram mensurados peso corporal com balança digital Filizola, precisão de 100g e a estatura com estadiômetro Tipo Trena Sanny (precisão 0,1cm), calculando-se os valores de IMC. A CC foi coletada utilizando-se fita antropométrica da Cardiomed, disposta na altura da cicatriz umbilical. Informações sobre Pressão Arterial Sistólica (PAS) e Pressão Arterial Diastólica (PAD) e assiduidade na prática de atividade física também foram avaliados e reavaliados (março/junho-2014). As médias gerais de IMC verificadas antes e após as atividades foram, respectivamente: G1 = 26,6/25,2; G2 = 28,1/27,2 e G3 = 29,1/28,7. Com relação à CC, observaram-se os seguintes valores: G1 feminino = 0,91/0,86; G2 feminino = 0,90/0,88; G3 feminino = 0,93/0,91. Para o gênero masculino obtivemos: G1 = 0,98/0,90; G2 = 101/0,95 e G3 = 0,98/0,96. Com relação às medidas de PA, obteve-se como média dos grupos: G1 = 124/81 – 126/81; G2 = 125/84 – 120/79; G3 = 133/87 – 126/80. Conclui-se que ambos os grupos apresentaram IMC e CC aumentados e níveis de PA normais antes do início das atividades físicas, cujo  efeito resultou em redução do IMC e da CC e pequena redução da PA, ressaltando a importância do cuidado destes e de outros fatores de risco cardiovascular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

ZAMAI, C. A.; MENDES LIMA, A.; PERES, C. M.; SANTOS BONFIM, E. dos; ASFORA FALABELLA LEME, P.; DI GRAZIA, R. C.; SALVATERRA GUERRA, R. L. Relação do índice de massa corpórea e circunferência da cintura abdominal com a pressão arterial entre servidores da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 186–186, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7160. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7160. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>