Evolução do projeto de atendimento prioritário aos idosos com alta após a implantação nas enfermarias do HC-UNICAMP

Autores

  • Marli Elisa Nascimento Fernandes DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Adriana Renata Ferrari Gasparoni DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Claudia Gonzaga Pereira Cilla DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Fabiana Maria Campo D. E. Franco de Castro DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Julinha Maria Costa de Oliveira DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Margareth Rovariz DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Maria Rita Fraga DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Marilda Alice de Oliveira DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Maura A. Dias C. Volpi DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Silvia Cristina Faez DSSOC-CASS-HC/UNICAMP
  • Wanilde Barbosa de Morais DSSOC-CASS-HC/UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7123

Palavras-chave:

Desospitalização. Inclusão. Saúde

Resumo

A disponibilidade de leitos hospitalares é na atualidade grande desafio aos gestores de saúde, devido à grande demanda de pacientes necessitando de tratamento especializado. O Serviço Social atua nas múltiplas expressões da questão social dentro do seu projeto ético político tem a capacidade criativa para propor ações que culminem na inclusão dos direitos dos usuários do Sistema Único de Saúde. O objetivo do estudo foi descrever a evolução do projeto em relação ao tempo (horas) da saída dos pacientes dos leitos após alta médica e implantação do projeto nas especialidades com maior prevalência. A priorização de providências como planejamento de alta, orientação das famílias pela equipe multidisciplinar para desospitalização dos pacientes. As ações ocorreram a partir de 2010 como piloto e em 2012 até o presente se consolidou como processo assistencial. O resultado de melhorias foi percebido pela diminuição de tempo de espera de outros pacientes convocados para internação, incidindo na rotatividade dos leitos, diminuindo custos ao hospital e possibilitando acesso a hospitalização de outros pacientes. O tempo em (horas) da otimização dos leitos após alta médica foi descrito por especialidade: Gastro: (de 09h00 para 03h42) 60% de otimização de leitos; Cardiologia e Pneumo (de 08h00 para 03h50) 50% de otimização de leitos. As ações propostas trouxeram melhorias ao Hospital de Clínicas e efetivou a competência do Serviço Social na efetivação do exercício profissional na Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

NASCIMENTO FERNANDES, M. E.; FERRARI GASPARONI, A. R.; GONZAGA PEREIRA CILLA, C.; FRANCO DE CASTRO, F. M. C. D. E.; COSTA DE OLIVEIRA, J. M.; ROVARIZ, M.; FRAGA, M. R.; OLIVEIRA, M. A. de; DIAS C. VOLPI, M. A.; FAEZ, S. C.; BARBOSA DE MORAIS, W. Evolução do projeto de atendimento prioritário aos idosos com alta após a implantação nas enfermarias do HC-UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 145–145, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7123. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7123. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>