Desvendando novas sensações

Autores

  • Iraci Rodrigues Vilas Boas Universidade Estadual de Campinas
  • Marli Rodrigues Armellin Universidade Estadual de Campinas
  • Patricia Andrea Gurgeira Universidade Estadual de Campinas
  • Rosana Gurita Nunes Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7109

Palavras-chave:

Bebês. Sensações. Sentidos. Vivência

Resumo

Este trabalho relata diferentes atividades realizadas no Berçário da Creche Área de Saúde (CAS/DEdIC) durante o primeiro semestre de 2014, com bebês na faixa etária entre 7 e 18 meses. Essas experiências foram planejadas pelas professoras, com a intenção de proporcionar novas descobertas através dos sentidos. Estabelecemos como eixo norteador para a nossa proposta de trabalho, as percepções: olfativa, gustativa, tátil, auditiva e visual. É através destes sentidos, que durante os dois primeiros anos de vida, a criança constrói os conhecimentos e a inteligência, descobre as inúmeras possibilidades de ações e as diferentes sensações. Para a realização das atividades em questão, utilizamos os seguintes materiais: farinha, frutas, bexigas, lixas, grãos diversos, conchas, tecidos, tampas, algodão, caixa de ovos, entre outros. A partir dessas vivências, eles têm a oportunidade de experimentar as sensações/reações que cada material provoca, fazendo conexões consigo mesmo, com os pares e com o meio. Os bebês exploram com todo o seu corpo, tudo o que lhes é proposto. Concluímos que esse trabalho é a base de uma proposta pedagógica que garante momentos prazerosos de aprendizagens e vivências aos bebês, contribuindo para o desenvolvimento integral de cada um.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

BOAS, I. R. V.; ARMELLIN, M. R.; GURGEIRA, P. A.; NUNES, R. G. Desvendando novas sensações. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 99–99, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7109. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7109. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão