Banner Portal
A pessoa com cegueira adquirida e o braille
PDF

Palavras-chave

Deficiência visual. Cegueira adquirida. Braille

Como Citar

MENDES, F. A. G.; MONTEIRO, M. I. B. A pessoa com cegueira adquirida e o braille. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 201–201, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7075. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar o estudo “The Importance of Braille Reading and Writing in the Blind Person’s Constitution” apresentado na 8ª Conferência Européia de Educação e Reabilitação de Pessoas com Deficiência Visual – ICEVI, na cidade de Istambul – Turquia, no ano de 2013. O ICEVI é um congresso importante na área da deficiência visual e minha participação no evento teve como um dos apoiadores o Grupo Gestor de Benefícios Sociais - GGBS. O estudo é parte de minha dissertação de mestrado em andamento e teve por objetivo discutir peculiaridades na constituição de sujeitos com cegueira adquirida relacionadas ao processo de ensino da leitura e escrita braille. Os dados analisados foram de observações de oficinas de leitura e escrita, consulta ao histórico de vida e entrevistas com onze cegos, de idade entre 16 e 67 anos, 06 do sexo masculino e 05 do sexo feminino (sendo 1 com cegueira congênita e os demais com cegueira adquirida), que participam do Programa de Reabilitação do CEPRE/FCM. Os resultados sugerem que a pessoa com cegueira adquirida, que aprendeu a leitura e escrita à tinta e que teve contato com o mundo por meio da visão, precisa se adaptar a um novo recurso para ler e escrever, o que não é um processo fácil, principalmente porque esta adaptação exige a aceitação da nova condição. Conclui-se que há necessidade de maior atenção a esta especificidade que acompanha a constituição de sujeitos com cegueira adquirida.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Fátima Aparecida Gonçalves Mendes, Maria Inês Bacellar Monteiro

Downloads

Não há dados estatísticos.