Avaliação de novo método de planejamento estratégico

Autores

  • Eneida Rached Campos Universidade Estadual de Campinas
  • Maria Bernadete de Barros Piazzon Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7023

Palavras-chave:

Planejamento estratégico. Eficiência organizacional. Gestão participativa

Resumo

A comparação entre métodos de planejamento estratégico levou a criação em  2009 de um novo método com referenciais teóricos na Future Search, no Balanced Scorecard e no Planejamento Estratégico Situacional. Este trabalho avalia o novo método. Estudo de delineamento transversal. Entre outubro 2009 a junho 2014, o método foi aplicado 8 vezes em 7 unidades/órgãos de instituições públicas. Participaram 450 pessoas em 133 horas de oficinas (máximo de participantes por oficina=94 e mínimo=14). Elaborado questionário com escala de 5 graus de avaliação e respostas abertas. Entre setembro 2013 e junho 2014, 80 (17,78%) dos participantes de 3 unidades/órgãos responderam ao questionário. Os 80 participantes tinham idade  média  42,31  (±11,18);  sendo  22,5%  enfermagem,  21,25%  médicos docentes, 15% administrativos e 41,25% outras profissões; 63,75% operacionais e 36,25% não operacionais. Avaliação dos itens: Organização - maior grau para orientação metodológica: ótimo (71,25%); bom (25%) e recursos pedagógicos: ótimo (62,50%); bom (33,75) e menor para carga horária: ótimo(40%); bom(45%). Dinâmica de grupo – método: ótimo (68,75%); bom(30%); troca de experiências: ótimo (66,25%); bom (27,50%); regular(6,25%); integração ótimo (56,25%); bom (36,25%); regular (7,5%); sabedoria do grupo: ótimo(43,75%); bom (48,75%); regular (6,25%); priorização de planos: ótimo (42,50%); bom (48,75%); regular (6,25%) e reconhecimento de diferenças: ótimo (37,5%); bom(48,75%); regular (13,75%). Grau de satisfação – ótimo (50%); bom (41,25%); regular (3,75%).  O  método apresentou diferencial menos normativo e mais mental, intuitivo e altamente participativo, com abordagem positiva que parte das percepções e sonhos individuais para construir o sonho coletivo de futuro. Os participantes valorizaram os altos graus de expressão, de participação e de compartilhamento com os resultados produzidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eneida Rached Campos, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Ciência da Computação pelo Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas-Unicamp (1984), mestrado em Qualidade pelo Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp (1997) e doutorado em saúde coletiva com ênfase em epidemiologia pelo Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (2011). Atua como assessora técnica da Superintendência do Hospital de Clínicas da Unicamp e como professora convidada do Curso de Especialização do Programa de Desenvolvimento Gerencial da Unicamp. Tem experiência, principalmente, nos seguintes temas: gestão por processo, epidemiologia, planejamento estratégico, sistemas de gestão da qualidade e sistemas de informação.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

CAMPOS, E. R.; PIAZZON, M. B. de B. Avaliação de novo método de planejamento estratégico. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 38–38, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7023. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)