Oficinas de diálogo e problematização: uma metodologia de desenvolvimento organizacional na DGRH

Autores

  • Estela Dall Oca Tozetti Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.7007

Palavras-chave:

Oficina. Grupalidade. Diálogo. Problematização. Ciclo de aprendizagem

Resumo

Uma das transformações mais importantes no processo de desenvolvimento organizacional tem sido provocada por novas capacidades de elaboração de trabalhos grupais visando o empoderamento dos indivíduos, fortalecendo seu compromisso com sua própria história e sua relação com a sociedade. Nosso objetivo aqui é de apresentar uma estrutura metodológica de desenvolvimento organizacional, com foco no indivíduo e no grupo, aplicada a ações da Diretoria Geral de Recursos Humanos. Constituída pelo conceito de oficina, como base multireferenciada, dá subsídio à articulação de outros conceitos: diálogo, problematização e roda. Através das oficinas, experiências afetivas, cognitivas e de ação são articuladas num  modelo  temático, produzindo um ciclo de aprendizagem e permitindo reconhecimento de igualdades e respeito às diferenças. Esses conceitos juntos sugerem um modelo novo de abordagem, provocando reflexão e encorajando ao protagonismo dos indivíduos no grupo. A metodologia aqui apresentada foi aplicada em três momentos diferenciados, na UNICAMP: o programa “Escolhas que Brilham” – que envolveu adolescentes e pais numa reflexão conjunta, em 2005 atendendo 53 pessoas e capacitou 8 facilitadores; o projeto “Discriminação e Preconceito no Ambiente de Trabalho” – uma capacitação para cipeiros, em 2006, atendeu 13 cipeiros; e o Programa de Preparação para Aposentadoria – para funcionários PAEPE, ativo desde 2008, tendo atendido cerca de 250 pessoas. Pretendemos mostrar uma proposta que já vem produzindo resultados e que se constitui como mais um instrumento para novas iniciativas em gestão de pessoas, na universidade

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Estela Dall Oca Tozetti, Universidade Estadual de Campinas

Graduada em Análise de Sistemas Administrativos pela PUC-Campinas (1984) e mestre em Gerenciamento de Sistemas de Informação pela PUC-Campinas (1998). Atuou, até 2003, em sistemas de informação, como analista de sistema, no Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO), e na Diretoria de Informática do Hospital das Clínicas, da Unicamp. Nesse período produziu e liderou projetos de tecnologia, administrativos e de saúde. Atuou na formação técnica de recursos humanos em metodologias de desenvolvimento de sistemas e de desenvolvimento de projetos. Qualificou-se, em grupos de estudo e experiências práticas, em metodologias de desenvolvimento organizacional / profissional (capacitação), com base no processo ensino-aprendizagem, reflexão crítica e diálogo. Desde 2004, atua como analista de recursos humanos na Diretoria Geral de Recursos Humanos da Unicamp, trabalhando com temas relacionados à co-educação (adolescente, adulto, envelhecimento), desenvolvimento de cidadania, prevenção e promoção de saúde, aposentadoria e qualidade de vida, entre outros.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

TOZETTI, E. D. O. Oficinas de diálogo e problematização: uma metodologia de desenvolvimento organizacional na DGRH. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 23–23, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.7007. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7007. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)