Coordenação de equipe de serviço social na saúde: espaço de efetivação do exercício profissional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.6992

Palavras-chave:

Gestão em saúde. Serviço social. Cidadania

Resumo

A organização do processo de trabalho numa instituição de saúde pressupõe o adentrar no campo da transdisciplinaridade pelo encontro de saberes profissionais enxergando os usuários (pacientes e familiares) como sujeitos singulares das ações de saúde. A concepção em que se baseia o referido trabalho é de uma gestão participativa e democrática onde assistente social organiza em equipe as demandas apresentadas pelos usuários e familiares e dá uma resposta de qualidade a instituição. Além disso faz a interlocução junto aos Equipamentos Públicos no território de referência dos pacientes. Objetivo deste relato de experiência é apresentar a gestão por processo realizada desde 2009, projetos assistenciais foram construídos com a participação de docentes, médicos, fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas, enfermeiros e as ações coordenadas pelo supervisor de serviço social nas Enfermarias do Hospital de Clínicas. A elaboração de protocolos para desospitalização dos usuários para cuidados da Rede, levantamento de indicadores dos referenciamentos de pacientes aos Equipamentos. As ações socioassistenciais proporcionaram maior integralidade do cuidado multidisciplinar na perspectiva de ampliação e consolidação da cidadania dos pacientes. A organização resultou em identificação de indicadores sociais e de saúde que podem nortear discussões ao campo da Política de Assistência Social e de Gestão de Saúde a nível regional que é a diretriz do HC. Desse modo, os pacientes e famílias se beneficiaram pelo atendimento humanizado da equipe de referência hospitalar e extrainstituicional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marli Elisa Nascimento Fernandes, Universidade Estadual de Campinas

Doutora em Ciências (2015). Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente (2008) ambos pela Faculdade de Ciências Médicas-UNICAMP (2008); Bacharel em Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Aplicadas ISCA Faculdades (1993), Especialização em Psicologia Analítica Junguiana pela Escola de Extensão - UNICAMP(2000), Coordenadora do Serviço Social da Área de Internação do Hospital de Clínicas da UNICAMP. Presidente na Comissão Setorial de Avaliação Hospital de Clínicas -CSARHC Unicamp (2012). Tem experiência na área de Serviço Social nos seguintes áreas: Supervisão de Estágio, Serviço Social na Saúde: da Criança e Adolescente; Família; Doação de Órgãos para Transplantes; Serviço Social, Formação Profissional, Proteção Social; Gestão por Processos; Coordenação de Projeto de Trabalho Técnico Social - PTTS.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

FERNANDES, M. E. N. Coordenação de equipe de serviço social na saúde: espaço de efetivação do exercício profissional. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 8–8, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.6992. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/6992. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)