Acervo e memória do cis-guanabara

Autores

  • Marluci Reis Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i5.6989

Palavras-chave:

Acervo. Memória. Documentação e patrimônio cultural

Resumo

Resgatar e preservar os antigos saberes são marcos importantes para a história do CIS, portanto, com o objetivo de resgatar e documentar essa trajetória, a partir de fevereiro de 2013 surge o Projeto Memória, que visa recuperar, de maneira organizada e acessível, a longa caminhada desse Centro Cultural. Para isso, se organizaram acervos documentais e bibliográficos, cuidando da manutenção, organização e conservação. Essa pesquisa está realizada por meio de levantamento de fontes orais junto a fontes primárias (jornais,revistas e internet) e, também, nos materiais disponíveis no próprio local. Esse estudo explora o acervo do CIS, composto por diversos documentos relativos aos eventos e projetos elaborados. Entre eles, o projeto de implantação do Cis-Guanabara, na década de 70. Atualmente, o arquivo conta com: fitas cassete/dois cadernos contendo encartes dos eventos realizados (2012/2013), oito dvds /um álbum fotográfico de exposições (2013), três cadernos de relatórios de atividades (2005 a 2009) , dois dossiês fotográfico (1900 a 1990 ) e (2006 a 2007) entre outros.As informações resultantes do projeto de pesquisa foram organizadas, sistematizadas e transformadas em acervo permanente do CIS, possibilitando dessa forma o acesso do público às informações. Ressalta-se que essa documentação é referência histórica à cidade de Campinas e contribui para a preservação do patrimônio cultural nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Como Citar

REIS, M. Acervo e memória do cis-guanabara. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 5, p. 5–5, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i5.6989. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/6989. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão