Banner Portal
95 mil testes para diagnóstico molecular de Covid-19 com economia de 10 milhões para o HC/Unicamp
PDF

Palavras-chave

Pandemia
Covid-19
Sars-cov-2
Butantan

Como Citar

FRANÇA, Emerson Salvador de Souza et al. 95 mil testes para diagnóstico molecular de Covid-19 com economia de 10 milhões para o HC/Unicamp. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 4, p. e0220717, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17987. Acesso em: 24 abr. 2024.

Resumo

Introdução: Em 30/01/2020 a OMS declarou a infecção pelo novo coronavírus(SARS-CoV-2) como emergência global, e nomeou a doença como covid-19. Para seu diagnóstico, o teste padrão ouro determinado foi o RT-PCR, que visa a detecção de RNA viral¹. Fez-se necessário diminuir o tempo para o resultado de exames de covid-19, e urgência na implantação de um laboratório que pudesse absorver essa demanda. O Laboratório de Patologia Clínica, em colaboração com o Instituto de Biologia e a Força Tarefa da UNICAMP contra a covid-19, em duas semanas padronizou, validou e implantou a técnica de detecção para SARS-CoV-2 dentro do HC-UNICAMP. Objetivo: O objetivo deste estudo foi o de implementar o diagnóstico molecular de SARS-CoV-2 no HC-UNICAMP, realizando-se parcerias para reduzir custos adicionais ao orçamento. Metodologia: Para extração de RNA, os kits Zymo Quick DNA/RNA Viral Kit (Zymo Research, EUA) ou Invitrogen Purelink Viral RNA/DNA Mini Kit (Qiagen, Alemanha) ou Extracta RNA Viral Kit MVA-P096 FAST (Loccus, Brasil) foram utilizados de acordo com as instruções do fabricante. Os ensaios de RT-qPCR para diagnóstico foram realizados usando Master Mix TaqMan Fast Virus 1-Step (Applied Biosystems, EUA), primers e a sonda para gene envelope (E) de SARS-CoV-2 conforme protocolo descrito na literatura(2), ou usando o kit GeneFinderTM COVID-19 PLUS RealAmp, para os genes nucleocapsídeo (N), envelope (E) e a RNA polimerase dependente de RNA (RdRp) (OSANG Healthcare, Coreia do Sul) seguindo as instruções do fabricante. Resultados: O esforço pioneiro do Laboratório de Patologia Clínica, que de forma ágil e precisa, montou uma estrutura robusta no início da pandemia para a produção de testes diagnósticos RT-PCR, ultrapassou os limites do Hospital de Clínicas. Foram atendidos pelo Laboratório de Doenças Emergentes (LDE) pacientes sintomáticos do Complexo da área da Saúde da Unicamp (HC, CAISM, CECOM, Hemocentro e Gastrocentro), do Centro de Oncologia Infantil Boldrini, do Hospital Estadual Sumaré, e voluntários do estudo da vacina Coronavac; além de pacientes assintomáticos, para fins de vigilância epidemiológica e gestão de leitos. A meta do LDE era a de realizar o processamento das amostras em menos de 48 horas após sua coleta, meta essa cumprida em quase sua totalidade; de maneira relevante, a maioria das amostras foi processada em menos de 24 horas (Gráfico 1). Após 26 meses de alto desempenho em qualidade e capacidade de atendimento em tempo oportuno, 95 mil amostras haviam sido processadas (Gráfico 2). Durante esse período foram estabelecidas parcerias, principalmente com o Instituto Butantan, gerando para o HC-UNICAMP uma economia de mais de R$10 milhões em insumos e equipamentos. Conclusão: A implantação do Laboratório de Doenças Emergentes (LDE) no LPC/HC/UNICAMP foi de enorme relevância na contenção da pandemia de covid-19. O empenho e disponibilidade dos envolvidos na agilidade e qualidade no diagnóstico molecular da doença foram imprescindíveis na conduta médica, tratamento, tomada de decisões e consequente diminuição do impacto da pandemia em nossa comunidade. Além disso, com a crise econômica que se instalou mundialmente, a parceria com o Instituto Butantan foi de suma importância, pois gerou uma economia na ordem de milhões ao orçamento da UNICAMP.

PDF

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional pela Doença pelo Coronavírus 2019. Vigilância de Síndromes Respiratórias Agudas COVID-19. Brasília, 15 mar 2021. https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/guias-e-manuais/2021/guia-de-vigilancia-epidemiologica-covid-19-3.pdf/@@download/file/Guia de Vigilância Epidemiológica Covid-19 (3).pdf. Acesso em: 06 Set. 2022.

CORMAN, V. M. et al. Detection of 2019 novel coronavirus (2019-nCoV) by real-time RT-PCR. Eurosurveillance. 2020;25(3). Disponível em:https://doi.org/10.2807/1560-7917.ES.2020.25.3.2000045. Acesso em: 09 Set. 2022.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Emerson Salvador de Souza França

Downloads

Não há dados estatísticos.