Banner Portal
Gestão de enfermagem em cuidados paliativos na visão do Lean Healthcare
PDF

Palavras-chave

Gerenciamento de enfermagem
Cuidados paliativos
Lean six sigma
Gestão de enfermagem em cuidados paliativos
Lean healthcare

Como Citar

CARVALHO, G. P. do A. Gestão de enfermagem em cuidados paliativos na visão do Lean Healthcare. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 1, p. e0220720, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17957. Acesso em: 1 mar. 2024.

Resumo

Introdução: Na atualidade o gerenciamento de enfermagem em cuidados paliativos a relevância é ainda maior por promover a qualidade de vida dos pacientes e familiares por meio de medidas de conforto e alívio do sofrimento. Com a implementação do método Lean Health care é uma das estratégias que visam diminuir os custos com a saúde, diminuir os erros médicos e melhorar a qualidade, a segurança e a eficiência na prestação de serviços de saúde. Objetivo: Este trabalho tem como objetivo avaliar estratégia de gestão que tem sido amplamente utilizada em diversas instituições de saúde com intuito da melhoria do processo de trabalho. Metodologia: Para o procedimento metodológico utilizou-se a estratégia PICO, trabalho de revisão narrativa integrativa da literatura com busca de fontes das literaturas científicas, a fim de identificar resultados esperados na aplicação da ferramenta da metodologia Lean Healthcare na Gestão de Cuidados Paliativos em serviços de instituições de saúde. Resultados: De acordo com os trabalhos levantados, avaliou-se o mapeamento do processo nas instituições hospitalares visando comparar as boas práticas antes e após implantação do método Lean na gestão de cuidados paliativos. Após análise de cada etapa do processo identificou-se as possíveis oportunidades de melhoria em cada etapa: - Superprodução: Realizar em excesso alguma atividade; - Espera: Tempo de espera do paciente; - Movimentação: Refere-se a movimentação de funcionários e pacientes além do necessário; - Estoque: A manutenção de um estoque na área de saúde requer muita atenção, devido ao excesso de mercadorias; - O Transporte: Esse desperdício está relacionado ao transporte de estoque e demais produtos além do necessário; - Defeitos: Trabalhos que contém erros ou retrabalhos; - Superprocessamento: Está relacionado ao excesso de cuidados gerando desperdício de tempo. Alguns itens importantes foram identificados nos trabalhos analisados na aplicação da ferramenta Lean healthcare, dos quais pode-se destacar: - Medir o grau de satisfação do paciente/cliente; - Mensurar eficácia dos processos; - Definir mudanças necessárias; - Analisar os resultados das mudanças aplicadas - Determinar estratégias compatíveis com os objetivos das instituições hospitalares. Conclusão: Assim, pode-se afirmar que a atualização do gestor nos assuntos referentes ao gerenciamento da enfermagem, é muito importante, pois tudo gira em torno destes conceitos, por isso a grande importância na Gestão de enfermagem nos cuidados paliativos na visão do Lean Healthcare.

PDF

Referências

GOMES, Ana Luisa Zaniboni; OTHERO, Marília Bense. Cuidados paliativos. Estud Av. 2016;30(88):155-66. doi: 10.1590/s0103-40142016.30880011» https://doi.org/10.1590/s0103-40142016.30880011

FRANKEL, Heidi L.; CREDE, WBWilliam B.; TOPAL, Jeffrey E.; ROUMANIS,Sarah A.; DEVLIN, Marie W.; FOLEY, Andrea B. Use of corporate Six Sigma performance-improvement strategies to reduce incidence of catheter-related bloodstream infections in a surgical ICU. J Am Coll Surg. 2005;201(3):349-358. doi: 10.1016/j.jamcollsurg.2005.04.027

LIBERATORE , Matthew J. Six Sigma in healthcare delivery. Int J Health Care Qual Assur [Internet]. 2013 [2019 Sep 23];26(7):601-26. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24167920»https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24167920

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Glaucia Pereia do Amaral Carvalho

Downloads

Não há dados estatísticos.