Banner Portal
Projeto "amai-vos"
PDF

Palavras-chave

Ambiente de trabalho
Relacionamento interpessoal
Humanização
Empatia

Como Citar

SEGUIN, Selma Rosana de Lima; JERONIMO, Cristiane Augusto; FERNANDES, Dijamel Pereira; BELLON, Sonia dos Santos. Projeto "amai-vos": melhora no clima organizacional em um setor de Hospital Público Universitário. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 3, p. e0220883, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17890. Acesso em: 17 jul. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: Administrar o clima dentro das empresas é uma ação estratégica ligada à gestão da qualidade; que, por fim, não pode existir quando as pessoas estão insatisfeitas, abaladas psicologicamente ou vivenciando um clima organizacional desestruturado (1). O objetivo desta ação, estimulada por um período de grande desarmonia entre os colegas profissionais, gerando um clima hostil, foi o de introduzir iniciativas motivadoras e transformadoras no ambiente de trabalho de um setor de hospital universitário público, através de: exercício da fé; melhora no relacionamento interpessoal e intrapessoal; estímulo à comunicação; desenvolvimento de empatia pela equipe; aumento da tolerância com as diferenças pessoais; auxílio à equipe no enfrentamento das dificuldades corriqueiras; e prática do respeito mútuo. Metodologia: Este é um relato de experiência iniciado em outubro de 2018, realizado no Centro Cirúrgico Ambulatorial (CCA) do HC- Unicamp, pela equipe do período da tarde, e que constou de quatro ações. A distribuição anônima de frases de incentivo e encorajamento para cada colaborador foi a primeira. De forma natural nasceu a segunda, através da realização de uma oração em conjunto ao final dos turnos de trabalho. Finalmente, a terceira e quarta ações se completaram com a decoração no banheiro feminino e com o "cantinho da leitura" na sala do administrativo. Inicialmente desejou-se alcançar os 10 colaboradores do período da tarde, e, posteriormente 12 do período da manhã; porém, a alta rotatividade de pessoas na unidade impossibilita a medida exata de pessoas alcançadas. Resultados: O clima organizacional no setor de saúde desempenha um papel significativo no desempenho da prestação de cuidados de saúde, e pode ser modificado adequadamente para melhorar a qualidade do atendimento (2). Também, a espiritualidade no local de trabalho tem sido associada a vários resultados positivos em relação ao cuidado de enfermagem, sugerindo-se que programas de intervenção devem ser desenvolvidos com o objetivo de melhorá-la (3). A implantação desse projeto de acolhimento dos colaboradores gerou a percepção, pelos autores, de respostas positivas da equipe, e de claras manifestações de comportamento empático. A distribuição das frases resultou em abraços e demonstrações de alegria e gratidão. Antes de começar seu trabalho, cada mulher que entra no banheiro feminino encontra um ambiente acolhedor, e, ao final do turno, a oração tem proporcionado momentos de exercício da fé e da espiritualidade. O cantinho da leitura pôde alcançar todas as equipes do setor. Generosidade, compreensão, respeito às diferenças, comunicação embasada no respeito e no amor são resultados que comprovaram o sucesso desta experiência. Conclusão: Ações de humanização como singelas gentilezas, atitudes de exercício da fé e pequenas transformações no ambiente, podem trazer grande melhoria ao clima organizacional na área de saúde. No entanto, esse projeto deve estar em constante aperfeiçoamento e desenvolvimento; e a melhora somente ocorrerá com o esforço permanente das pessoas em manter atitudes empáticas. Sua replicabilidade é totalmente possível em outros setores, podendo ser adaptado às características e dificuldades de cada Unidade/Órgão.

PDF

Referências

LUZ, Ricardo Silveira. Gestão do clima organizacional. 6. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2014.

NOH GM, YOO MS. Effects of workplace spirituality and organizational citizenship behavior on nursing performance. Journal of Korean Academy of Nursing Administration. v. 22, n. 3, p. 251–259, 2016.

PERENSIN, Pierre. Você pode, você consegue perdoar!. Campinas-SP: Casa Nazarena de Publicações no Brasil, 2018.140p. ISBN 978-85-8371-012-7.

STONE PW, DU Y, GERSHON RR. Organizational climate and occupational health outcomes in hospital nurses. Journal of Occupational and Environmental Medicine. v. 49, n. 1, p. 50–58, 2007.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Selma Rosana de Lima Seguin, Cristiane Augusto Jeronimo, Dijamel Pereira Fernandes, Sonia dos Santos Bellon

Downloads

Não há dados estatísticos.