Banner Portal
Coping para a promoção da saúde mental e prevenção do Burnout na comunidade que compõe o Instituto de Biologia da Unicamp
PDF

Palavras-chave

Burnout (Psicologia)
Estresse psicossocial
Saúde ocupacional
Resiliência (traço da personalidade)

Como Citar

KASSISSE, Dora Maria Grassi; SILVA, Priscila Cristina da; XIMENES, Bruno Gomes; SOLFERINI, Vera Nisaka; GUERREIRO, Sandra Maria Carmello. Coping para a promoção da saúde mental e prevenção do Burnout na comunidade que compõe o Instituto de Biologia da Unicamp. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 3, p. e0220879, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17885. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: O estresse é uma reação natural do organismo frente a situações de ameaça ou perigo, e o burnout, esgotamento físico e mental decorrentes do estresse. Esta reação é frequente na universidade devido às demandas e obrigações impostas neste ambiente. Cada indivíduo lida, se prepara, enfrenta as adversidades do dia a dia, podendo ser positivas ou não. Sendo assim, objetivamos com este projeto, informar e oferecer condições para que a comunidade do Instituto de Biologia pratique estratégias de coping positivas. A proposta da Comissão é estudar e oferecer estratégias de coping cientificamente validadas para a comunidade do IB. Objetivo é o desenvolvimento de um Centro de Estudos de Estratégias de Coping que seja referência em todo os campi da Unicamp. Metodologia: Após a aprovação e divulgação do projeto para a comunidade e criação da Comissão de Coping (Imagem 1), estabelecemos uma identidade visual acolhedora, e atualmente estamos em fase de criação de material de divulgação para a conscientização da comunidade a respeito de diferentes temas como burnout, distresse, eustresse, estresse psicossocial, resiliência e coping; desenvolvendo o autoconhecimento, autoaceitação, melhora da saúde e bem-estar no local de trabalho utilizando atividades de conscientização. Haverá também a implantação de práticas relacionadas a socialização, artes e lazer. Resultados: Estudos prévios, não publicados, demonstraram que a comunidade o Instituto de Biologia tem apresentado um índice de absenteísmo elevado e preocupante. Adicionalmente voluntários do Instituto de Biologia participaram de um estudo maior com toda a comunidade da Unicamp, entre os anos de 2018 e 2020, e o recorte dos voluntários do IB apontam elevados índices de estresse psicossocial, divididos pelas categorias com os seguintes resultados: Graduandos = 37; Pós-graduandos = 32; Funcionários = 28 e Docentes = 24 (valores ideais: entre 13 e 25). O estudo também mostrou baixos índices de resiliência para Graduandos = 19, Pós-graduandos = 22 e Docentes = 23, mas não para Funcionários = 27 (valores ideais para resiliência: entre 13 e 25). Estes indicadores não podem ser utilizados como diagnósticos médicos, mas trazem informações a respeito das necessidades de desenvolvimento de estratégias de coping para melhor enfrentamento da rotina laboral de nossa comunidade, melhorando o desempenho e a saúde mental da população local. Materiais de divulgação foram elaborados e serão divulgados de diferentes formas para atingir o maior número de colaboradores do IB. Parte deste material se encontra hospedada em https://www.youtube.com/channel/UCGHgpS_Y0FxQwKua3c0vLQA, Imagem 2. Conclusão: O estresse psicossocial, presente no ambiente universitário, é um dos fatores que mais prejudicam a saúde, podendo trazer alterações mentais, físicas e hormonais. Os dados coletados indicam que a população demanda de apoio e informação. A elaboração de material informativo para divulgação em linguagem de fácil acesso para toda comunidade torna-se neste ponto fundamental nesta próxima etapa visando a saúde laboral. O acolhimento e a atenção dada ao projeto, é o passo fundamental para a validação científica das estratégias aplicadas para serem referência para toda Unicamp.

PDF

Referências

Amaral-Prado, Heloísa Monteiro, et al. "The impact of confinement in the psychosocial behaviour due COVID-19 among members of a Brazilian university." International Journal of Social Psychiatry 67.6 (2021): 720-727.

Folkman S, Lazarus RS. Stress, appraisal, and coping: New York: Springer Publishing Company 1984. Folkman S, Lazarus RS. If it changes it must be a process: study of emotion and coping during three stages of a college examination. J Pers Soc Psychol. 1985;48(1):150-70.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Dora Maria Grassi Kassisse, Priscila Cristina da Silva, Bruno Gomes Ximenes, Vera Nisaka Solferini, Sandra Maria Carmello Guerreiro

Downloads

Não há dados estatísticos.