Banner Portal
Vivências e desafios do registro/CAISM durante a Pandemia de Covid-19
PDF

Palavras-chave

Registro
Covid-19
fatores estressores
monitoramento

Como Citar

REIS, Fábio Rocha et al. Vivências e desafios do registro/CAISM durante a Pandemia de Covid-19. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 4, p. e0220854, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17803. Acesso em: 29 maio. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: O objetivo deste trabalho é relatar as vivências e as soluções organizacionais realizadas pela equipe do Registro do SAME, no Hospital CAISM, durante a pandemia de covid-19. O Registro é responsável pelo agendamento de consultas, internações, registro de óbitos e recepção de pacientes na emergência. A pandemia de covid-19 impactou fortemente estes serviços, através de: alterações seguidas nos protocolos agendamento e recepção, desmarcações/remarcações de agenda, aberturas e fechamentos consecutivos do hospital, redistribuição de espaços no pronto atendimento, entre outras. Estes itens se mostraram fatores estressores na equipe, causando dificuldades em "ajustar seus padrões habituais de comportamento, referente a qualquer demanda ambiental, social, biológica e/ou psicológica". Metodologia: Para lidar com os fatores estressores descritos previamente, foi desenvolvido e implantado um processo de monitoramento minucioso de todas as atividades efetuadas no setor, de forma a atender às novas demandas da direção do hospital, e ao mesmo tempo manter a distribuição equilibrada das responsabilidades e tarefas entre os diversos funcionários. A atividade de monitoramento envolveu todos do setor, seja na coleta dos dados registrados nos sistemas informatizados do hospital (Intranet e AGHUse); na agregação e manipulação dos dados; na elaboração dos relatórios semanais; ou na discussão dos resultados. Resultados: Os resultados encontrados evidenciaram as consequências das variações ocorridas ao longo destes dois anos de pandemia, e apontaram para as soluções organizacionais desenvolvidas pela equipe do Registro. Listamos abaixo dois entre os principais resultados, e as soluções adotadas: 1. A Pandemia afetou de forma diferente os turnos de trabalho - o atendimento emergencial noturno teve uma queda mais acentuada do que o diurno. Simultaneamente, houve ampliação dos postos de trabalho devido à introdução da política de duas portas, ou seja, entradas separadas para pacientes com e sem sintomas gripais. A solução deste problemas veio com o retorno da entrada única para todos os pacientes, sendo a separação realizada apenas após o registro, o que possibilitou a transferência de um funcionário do período noturno para o diurno. 2. Outra variação importante ocorreu nos processos de agendamento, sobretudo com o aumento da necessidade de realizar cancelamentos e reagendamentos. Levando-se em consideração a necessidade de evitar aglomerações, bem como os repetidos deslocamentos de pacientes dos municípios de nossa área de atuação, foi destacado um servidor exclusivo para realizar atendimentos a distância (por telefone e WhatsApp). Conclusão: As vivências e as soluções organizacionais realizadas pela equipe do Registro do SAME no CAISM durante a pandemia de covid-19 só foi possível pelo comprometimento da equipe, que se mostrou flexível e ciente de suas responsabilidades. O monitoramento das atividades do setor foi fundamental para a organização das mudanças, bem como para a sua aceitação por parte da equipe, que compreendeu as suas causas.

PDF

Referências

BEMZONIi, P. E., & Paulino, R. C. (2021). A injustiça organizacional como estressora no ambiente de trabalho: uma análise por gênero e faixa etária no setor terciário. Trabalho (En) Cena, V. 6, 219-242. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/encena/article/view/13640/19555. Acesso em: 2023-04-03.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Fábio Rocha Reis, Angelita de Carvalho, Armando Paião, Bruna Aline dos Santos, Cristian da Silva, Daiane Batista do Nascimento, Daniel Fabiano, Flávia Regina P. de Moraes Urban, Gilson de Oliveira Avelar, Heloisa Melo e Silva, Luzia de Freitas Guimarães, Maria José Marques, Rodolfo Maris, Cristiane Maria da Silva, Ana Paula C. S. Macior, Robson Henrique Rossi Martins, Solange Aparecida Barbutti, Vanda de Fátima Fulgêncio

Downloads

Não há dados estatísticos.