Banner Portal
Humorômetro
PDF

Palavras-chave

Saúde Mental
Gestão de Conflitos
profissionais de saúde
comunicação

Como Citar

SILVA, Nilcilene Pinheiro et al. Humorômetro: estratégia para identificar as necessidades da equipe para reduzir os conflitos e melhorar a Saúde Mental. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 3, p. e0220838, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17755. Acesso em: 20 jun. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: Os desafios com a saúde mental dos profissionais da saúde já era uma preocupação, e se intensificou com a pandemia da covid-19(1). Neste contexto, o aprimoramento na gestão de conflitos tornou-se uma prioridade para as lideranças contemporâneas que carecem de um modelo participativo e pautado no diálogo(2). As técnicas de Comunicação Não Violenta (CNV) auxiliam a evitar ou resolver conflitos entre pessoas, e fortalecem uma comunicação empática(3). O objetivo do trabalho é descrever a estratégia utilizada pelo Núcleo de Qualidade e Segurança em Saúde (NQSS) para fortalecer um dos valores do planejamento estratégico do HC Unicamp, a empatia(4), reduzir os conflitos entre a equipe e fortalecer a saúde mental dos profissionais. Metodologia: Após um conflito mediado pela líder da unidade em abril de 2022, foi elaborado, neste mesmo mês, um quadro imantado denominado humorômetro, e ímãs de emojis contendo a lista de sentimentos e necessidades descritos por Marshall Bertram Rosenberg(3). O quadro foi instalado em maio de 2022 na copa dos colaboradores do Núcleo de Qualidade e Segurança em Saúde do HC Unicamp, e, todos os dias desde a implantação, cada colaborador deixa registrado como está se sentindo, e o que necessita. Resultados: A estratégia teve a adesão de todos os integrantes da equipe e dos profissionais que atuam em projetos com o Núcleo de Qualidade e Segurança em Saúde, ação que reverteu a solicitação de remanejamento de uma colaboradora da unidade. A pesquisa de experiência aplicada e preenchida pelos colaboradores da unidade, e por aqueles que realizam atividades com a equipe, apresentou um Net Promoter Score (NPS) de 100% para manter a prática implantada na unidade, e 89% quanto a indicar este projeto para outras áreas do HC Unicamp. A melhora na interação da equipe, na gestão de conflitos e na percepção de valorização do sentimento e da necessidade do outro foi evidenciada por 100% dos profissionais que participaram da pesquisa. Conclusão: A CNV promoveu o diálogo e mudou a forma como as pessoas se relacionam, fortalecendo as relações interpessoais. Os colaboradores se sentiram ouvidos e tiveram suas necessidades atendidas, já que agora todos sabem o que os colegas precisam para aquele dia. Essa prática permite ao líder identificar as necessidades da equipe, que podem impactar no desempenho, motivação e saúde mental do profissional(2-3). A iniciativa do NQSS apresentou resultados perceptíveis registrados pela equipe e pode ser expandida para outras unidades do HC Unicamp.

PDF

Referências

Dantas, E S O. Saúde mental dos profissionais de saúde no Brasil no contexto da pandemia por Covid-19.Disponível em: <https://www.scielo.br/j/icse/a/rCWq43y7mydk8Hjq5fZLpXg/> acesso em 05 de setembro de 2022 2. Amestoy, S C, at al. Gerenciamento de conflitos: desafios vivenciados pelos enfermeiros-líderes no ambiente hospitalar. Junho de 2014. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/rgenf/a/HFFL8vnv7ZqwtHzmxQn4xcC/?lang=pt> acesso em 05 de setembro de 2022 3. Rosenberg M B. Comunicação não violenta. São Paulo, Ágora, 2006 p. 237, 284. 4. Relatório do Planejamento Estratégico do HC Unicamp 2022-2026. Disponível em: <https://hc.unicamp.br/wp-content/uploads/2022/03/Relatório-Final-Planejamento-Estratégico-HC-2022-2026-4.pdf> Acesso em 06 de setembro de 2022.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Nilcilene Pinheiro Silva, Ana Carolina Braz Moitinho, Airam Marques, Fabricio Ferreira dos Santos, Mariana Salhab Dall' Aqua Schweller, Mayra Carvalho Ribeiro, Maria Macilene Santos Fonseca, Lilia Maria da Silva, Raíssa Soares Meschiatti, Thiago Sarbo Langoni, Tais Tomaz Torres, Vitória Rodrigues Inácio

Downloads

Não há dados estatísticos.