Banner Portal
Serviço social e as mulheres mastectomizadas
PDF

Palavras-chave

Serviço social
Direitos sociais
Mulheres mastectomizadas

Como Citar

FERREIRA, Katia Regina de Jesus; CARVALHO, Marielle Cristina Ribeiro de. Serviço social e as mulheres mastectomizadas: a busca pelos direitos sociais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 4, p. e0220012, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17714. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: No Brasil, estimaram-se 59.700 casos novos de câncer de mama para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres, sendo esse tipo de câncer o primeiro mais frequente nas mulheres das Regiões Sul (73,07/100 mil), seguido do Sudeste (69,50/100 mil) (INCA, 2017). O objetivo desse trabalho é destacar a intervenção do assistente social do CAISM/ UNICAMP, após os grupos socioeducativos de mulheres mastectomizadas. Metodologia: Os grupos são realizados quinzenalmente, duas vezes por semana, com horário determinado, por um período de dois meses às segundas feiras na sala multiprofissional situada no departamento da Fisioterapia da Instituição. São encaminhadas para o grupo mulheres submetidas à mastectomia, quadrantectomia e axilectomia. Resultados: O assistente social promove, através da intervenção grupal e individual , discussão e interpretação dos direitos sociais e previdenciários. Esta ação possibilita que as mulheres verbalizem suas dúvidas, o que pode indicar a existência de situações sociais que demandem intervenções a serem realizadas posteriormente pelo profissional, como acionar a rede pública estabelecida no seu território a fim de viabilizar saídas para os problemas que possam interferir na continuidade de seu tratamento. O profissional estabelece a interface com a rede de serviços do território da paciente , articulando ações para oferecer respostas assertivas às demandas sociais apresentadas pela mulher mastectomizada. Conclusão: A intervenção do assistente social no grupo pós-cirurgia contribui com seu saber específico relacionado aos direitos sociais e de cidadania, exercido pelas mulheres, através das políticas públicas. Também desenvolve o apoio psicossocial, maximizando as informações relacionadas às demandas e direitos sociais. Preconiza dessa forma estabelecer o protagonismo da mulher mastectomizada no seu tratamento.

PDF

Referências

Instituto Nacional de Câncer – 2ª edição. Divisão de Comunicação Social. Direitos sociais da pessoa com câncer. Rio de Janeiro: INCA, 2009. 23 p. Disponível em: https://bit.ly/3Jn6wfM

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Katia Regina de Jesus Ferreira, Marielle Cristina Ribeiro de Carvalho

Downloads

Não há dados estatísticos.