Banner Portal
Memória institucional e a criação da área de difusão do Ac/Siarq

Palavras-chave

Difusão de acervos
redes sociais
memória institucional

Como Citar

MURARI, Telma Maria; MORETTI, Luiza Helena de Almeida Bragion; BASSO, Rafaela. Memória institucional e a criação da área de difusão do Ac/Siarq. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 2, p. e0220814, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17695. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: A difusão de acervos dá visibilidade ao papel dos arquivos na preservação documental e possibilita o conhecimento e acesso aos documentos pelos cidadãos. Embora presente no escopo de trabalho do Arquivo Central do Sistema de Arquivos da Unicamp (AC/SIARQ), desde meados da década de 1980, a difusão passou a ser institucionalizada nos últimos anos. A proposta deste trabalho é mostrar as ações da área que passaram a ocupar, sistematicamente, a agenda diária do AC/SIARQ: modernização do site, produção e inserção de conteúdos em redes sociais, projetos de história oral e exposições temáticas virtuais. Com a pandemia de COVID-19, assim como a maioria das instituições arquivísticas, o AC/SIARQ adotou a internet como meio mais eficaz de diálogo com seus públicos. Metodologia: Em trabalho remoto e com a integração de uma jornalista na equipe, uma das primeiras demandas da área de Difusão foi atualizar o site do AC/SIARQ, a fim de melhorar a navegabilidade e o acesso. O projeto, executado em conjunto com profissionais de tecnologia da informação, culminou no lançamento do novo site, em abril de 2021. Paralelamente, em março de 2020, Facebook e Instagram foram as redes sociais selecionadas como canais de divulgação da memória institucional da Universidade, por meio de textos, fotos, álbuns e vídeos. A equipe também procura seguir um calendário próprio de postagens, buscando manter a periodicidade das publicações. As ações incluem ainda exposições virtuais, gravação de depoimentos, edição de vídeos, cobertura de eventos, produção de entrevistas e notícias. Resultados: A difusão em meio virtual fortalece o vínculo da instituição arquivística com diversos públicos, seja interno ou externo à Universidade. Juntas, em setembro de 2022, as redes sociais próprias do AC/SIARQ somam cerca de três mil seguidores de vários estados do Brasil. O compartilhamento de publicações, inclusive pela página oficial da Unicamp, ampliou o alcance de público. Entre os conteúdos, disseminados em posts semanais, estão a criação e instalação de unidades e órgãos, trajetória científica e de ensino dos docentes e pesquisadores de diferentes áreas, pesquisas desenvolvidas em diversas áreas do conhecimento e seus impactos acadêmicos e sociais, cenas de convívio e cotidiano, além de iniciativas de extensão universitária. Foram produzidos e publicados vídeos temáticos produzidos pela equipe do AC/SIARQ a partir de pesquisa documental no acervo e metodologia de história oral, assim como notícias institucionais e posts comemorativos. Entre as exposições virtuais, estão “Mostra Unicamp: recortes de uma trajetória”; “Publicações Estudantis da Unicamp”, e “Simtec 25 anos”. As ações resultam da definição conjunta de estratégias de comunicação, planejamento de publicações e entrevistas, além do levantamento e análise de métricas de engajamento. Conclusão: Em fase de novos projetos, a difusão do acervo documental do AC/SIARQ se alinha com a função social dos arquivos e com os princípios de transparência ativa das instituições públicas. A divulgação, quando dirigida a um público amplo, é ainda mais desafiadora, pois os profissionais são envolvidos no exercício claro de acesso e transmissão das produções técnico-científicas para a sociedade. Seja em formato de exposição, posts em redes sociais ou em canais de notícias, práticas de comunicação dos acervos requerem cada vez mais dinamismo quanto às novas tecnologias, linguagem e temáticas.

Referências

MARTINS, Neire do Rossio. Memória Universitária: o Arquivo Central do Sistema de Arquivos da Universidade Estadual de Campinas (1980 - 1995). Dissertação (Mestrado em Educação), Faculdade de Educação, Universidade Estadual de

Campinas, 2012. BRASIL. SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Manual de Diretrizes de Comunicação Digital do Governo Federal. RECUERO, R. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2014. MELO, Suellen

Alves de; SILVA, Daniele Augusta dos Santos. "PRÁTICAS DE DIFUSÃO NAS REDES SOCIAIS: ALGUNS ASPECTOS EM PAUTA.. IN: ARQUIVO, DOCUMENTO E INFORMAÇÃO EM CENÁRIOS HÍBRIDOS: ANAIS DO SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE

ARQUIVOS. SÃO PAULO (SP) EVENTUS, 2021."

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Telma Maria Murari, Luiza Helena de Almeida Bragion Moretti, Rafaela Basso

Downloads

Não há dados estatísticos.