Banner Portal
Treinamento contínuo para estudantes de Pós-Graduação como ferramenta de melhoria para a eficácia da Gestão de Resíduos na Fea
PDF

Palavras-chave

Resíduos
treinamento
Pós-Graduação
gerenciamento
capacitação

Como Citar

ORLANDO, Eduardo Adilson et al. Treinamento contínuo para estudantes de Pós-Graduação como ferramenta de melhoria para a eficácia da Gestão de Resíduos na Fea. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 8.Eixo 2, p. e0220813, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/17693. Acesso em: 14 jul. 2024.

Resumo

Introdução/Objetivo: A FEA possui cerca de 50 laboratórios, com diversificadas atividades que geram grandes quantidades de resíduos químicos e/ou biológicos de elevada complexidade. A maioria desses resíduos é oriunda de atividades de pesquisa realizadas por estudantes de pós-graduação. Frente a esse cenário, a Comissão de Gestão de Resíduos (CGR-FEA) promoveu um conjunto de ações que podem ser visualizadas temporalmente em três etapas: mobilização para regularização dos resíduos já acumulados nas dependências da FEA, promoção de treinamentos para instruir a comunidade e, finalmente, incentivo à cultura de redução e prevenção de geração de resíduos. Esse trabalho gerou um impacto muito positivo na gestão de resíduos da unidade, de forma a evitar acúmulos, descarte inadequado e riscos ocupacionais e ambientais. Metodologia: Em 2015 houve unificação das comissões de departamento para uma única comissão da FEA e uma ação pontual de destinação adequada dos resíduos identificados nas dependências da unidade. Já em 2017, os treinamentos foram retomados, com periodicidade semestral, para os estudantes ingressantes dos 5 programas de pós-graduação oferecidos pela unidade. O treinamento consiste em uma apresentação dos principais conceitos e procedimentos corretos sobre gerenciamento de resíduos na FEA, com duração de cerca de 90 minutos e espaço para responder às dúvidas da audiência. O treinamento foi realizado de forma presencial de 2017 até março de 2020, quando passou para o formato on-line devido à pandemia. Nas últimas duas edições (02/2021 e 01/2022), foram emitidos e enviados certificados aos participantes. Resultados: Em 2015 a CGR-FEA retomou o processo unificado de destinação dos resíduos acumulados e demandou esforços da comunidade para também manter a cultura de não acúmulo conforme ilustrado na Figura 1, em que se observa a drástica redução de resíduos destinados à incineração entre 2015 a 2016. Já em 2017, a CGR-FEA retomou o oferecimento de treinamentos aos estudantes da pós-graduação, sendo desde então, realizadas 8 edições, totalizando um número próximo a 500 estudantes participantes. Como mostrado na Figura 1, a FEA atingiu uma estabilidade na geração de resíduos químicos nos últimos anos e a melhoria na conscientização e informação para a comunidade interna foi fundamental para isso, sendo o treinamento dos estudantes de pós-graduação importante para atingir esse patamar. Essa estabilidade foi acompanhada pela diminuição de resíduos estocados nos laboratórios, gerando uma previsibilidade no gerenciamento de resíduos. O treinamento também possibilita uma apresentação da CGR-FEA, gerando uma aproximação com esse grupo de estudantes e estabelecendo uma relação de confiança para resolução de eventuais problemas e dúvidas. Mesmo durante o período de pandemia, os treinamentos foram realizados de forma remota, garantindo a continuidade do trabalho. Conclusão: A ação conjunta da CGR-FEA, somada ao trabalho de treinamento dos estudantes de pós-graduação quanto ao gerenciamento de resíduos, gerou uma melhora significativa na gestão de resíduos na FEA. Portanto, o treinamento oferecido se tornou etapa fundamental para a consolidação e efetivação do Plano de Gerenciamento de Resíduos da unidade, abrindo espaço para planejamento de ações futuras. Sobretudo, uma vez alcançada essa estabilidade no gerenciamento de resíduos, abre-se espaço para a implantação do terceiro objetivo, que compreende o estabelecimento da cultura de redução de geração de resíduos.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Eduardo Adilson Orlando, Michele Nunes de Lima Moreira, Márcio Geraldo Oliveira, Juliana Carusi, Paulo Roberto Dos Santos Junior, Rosemar Santanna dos Santos, Manoel Victor Frutuoso Barrionuevo, Diana Dias Arroyo, Alessandra Cazelatto de Medeiros, Ana Augusta Odorissi Xavier, Alessandra Silva Coelho, Vanessa Martins da Silva, Fabio Pancotti Morente, Leila Aparecida Lourenco Cardoso, Bianca Wopereis, Fabiano dos Santos Cruz

Downloads

Não há dados estatísticos.