Uniformização do processo de progressão dos professores na carreira do magistério secundário técnico

MST

Autores

  • Aline Serpeloni Aleixo Ferreira Universidade Estadual de Campinas
  • José Roberto Ribeiro Universidade Estadual de Campinas
  • José Alberto Matioli Universidade Estadual de Campinas
  • Lívia Salvador Basso Universidade Estadual de Campinas
  • Luiz Fernando Chang de Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Ângela Ap. de Alcântara Fachinelli Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.11595

Resumo

O processo de progressão na Carreira do Magistério Secundário Técnico (MST) está previsto na Deliberação CEPE-A-02/97, que regulamenta os tipos de progressão e todos os critérios de avaliação. Considerando que as solicitações de progressão são avaliadas por diferentes Comissões Departamentais de Avaliação (CDAs), a interpretação dos critérios de progressão por desempenho de forma subjetiva por cada CDA gera uma desigualdade na avaliação dos professores do COTIL. O objetivo desse trabalho foi mapear todo o processo de progressão na Carreira MST, para identificar os pontos de desconexões e uniformizar a interpretação dos critérios de promoção dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Serpeloni Aleixo Ferreira, Universidade Estadual de Campinas

COTIL - Colégio Técnico de Limeira; ASSESS - Assessoria da Direção Geral;

José Roberto Ribeiro, Universidade Estadual de Campinas

Direção Geral.

José Alberto Matioli, Universidade Estadual de Campinas

Direção Associada.

Lívia Salvador Basso, Universidade Estadual de Campinas

Assistência Técnica.

Luiz Fernando Chang de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

Secretaria da Direção Geral.

Ângela Ap. de Alcântara Fachinelli, Universidade Estadual de Campinas

Assessoria.

Downloads

Publicado

2019-10-08

Como Citar

FERREIRA, A. S. A.; RIBEIRO, J. R.; MATIOLI, J. A.; BASSO, L. S.; OLIVEIRA, L. F. C. de; FACHINELLI, Ângela A. de A. Uniformização do processo de progressão dos professores na carreira do magistério secundário técnico : MST. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019132, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.11595. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/11595. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão