Consulta de enfermagem e uso de fitoterápicos no ambulatório de saúde da mulher CECOM

Autores

  • Cristiane Giacomelli da Costa Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.11394

Resumo

A prática diária de atendimentos leva o enfermeiro a identificar os principais problemas na saúde e sexualidade das mulheres. Com as Práticas Integrativas Complementares, dentro de um olhar holístico e fazendo uso de fitoterápicos o profissional cria um check-list que o ajuda nas orientações pertinentes à saúde íntima da mulher. Atualmente, na prática clínica, observam-se tratamentos múltiplos e excessivas solicitações de exames com custos elevados aos serviços de saúde. Visando minimizá-los e melhorar as queixas das mulheres acometidas pelos famosos "corrimentos" que nem sempre são patológicos, bem como diminuir a recorrência destes, a equipe multiprofissional do ambulatório de saúde da mulher aderiu parcialmente às orientações com a utilização de fitoterápicos e óleos essenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Giacomelli da Costa, Universidade Estadual de Campinas

REIT - Reitoria; PRDU - Pro-Reitoria de Desenvolvimento Universitário; CSS - Coordenadoria de Serviços Sociais.

Downloads

Publicado

2019-10-08

Como Citar

DA COSTA, C. G. . Consulta de enfermagem e uso de fitoterápicos no ambulatório de saúde da mulher CECOM. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019275, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.11394. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/11394. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida