Implementação de farmácia viva no espaço Mandala da UNICAMP

Autores

  • Cristina Tanikawa Universidade Estadual de Campinas
  • Alexandra Christine Helena Frankland Sawaya Universidade Estadual de Campinas
  • Nilza Alzira Batista Universidade Estadual de Campinas
  • Hosana de Barros Universidade Estadual de Campinas
  • Camila Alonso Santos Universidade Estadual de Campinas
  • Lauro dos Santos Universidade Estadual de Campinas
  • Rosane Gomes Rocha Universidade Estadual de Campinas
  • Antonio Djalma Fagundes da Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Acácio Aparecido Teixeira Universidade Estadual de Campinas
  • Nelson Filice de Barros Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.11274

Resumo

O uso de plantas medicinais e fitoterápicos é amplo e desenvolvido em diferentes racionalidades médicas e práticas integrativas e complementares. No município de Campinas existe uma tradição no uso de plantas medicinais na Rede Pública de Saúde, porém, não havia projeto estruturado no modelo proposto da Farmácia Viva, que foi instituído no SUS de Campinas pela Portaria nº886/20-04-2010. O Espaço Mandala participa do desenvolvimento deste programa contribuindo com os Centros de Saúde (CS) do município, por meio de atividades de cultivo de plantas medicinais e fornecimento de mudas do seu patrimônio botânico, tornando acessível à população assistida receber a planta medicinal in natura com a devida orientação sobre a correta preparação e uso seguro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Tanikawa , Universidade Estadual de Campinas

FCM - Faculdade de Ciências Médicas; NME - Núcleo de Medicina e Cirurgia Experimental.

Alexandra Christine Helena Frankland Sawaya, Universidade Estadual de Campinas

FCF – Unicamp – Faculdade de Ciências Farmacêuticas – Universidade de Campinas.

Nilza Alzira Batista, Universidade Estadual de Campinas

FCM – Unicamp – Faculdade de Ciências Médicas.

Hosana de Barros, Universidade Estadual de Campinas

DMA – Unicamp- Divisão de Meio-Ambiente- - Prefeitura - Diretoria Executiva da Administração – DEA.

Camila Alonso Santos, Universidade Estadual de Campinas

DMA – Unicamp- Divisão de Meio-Ambiente- - Prefeitura - Diretoria Executiva da Administração – DEA.

Lauro dos Santos, Universidade Estadual de Campinas

DMA – Unicamp- Divisão de Meio-Ambiente- - Prefeitura - Diretoria Executiva da Administração – DEA.

Rosane Gomes Rocha, Universidade Estadual de Campinas

CECOM - Unicamp Centro de Saúde da Comunidade Pro-reitoria de Desenvolvimento Universitario Coordenadoria de Servicos Sociais-DIR. de Assistência de Enfermagem.

Antonio Djalma Fagundes da Silva, Universidade Estadual de Campinas

DMA – Unicamp- Divisão de Meio-Ambiente- - Prefeitura - Diretoria Executiva da Administração – DEA.

Acácio Aparecido Teixeira, Universidade Estadual de Campinas

DMA – Unicamp- Divisão de Meio-Ambiente- - Prefeitura - Diretoria Executiva da Administração – DEA.

Nelson Filice de Barros, Universidade Estadual de Campinas

FCM – Unicamp – Faculdade de Ciências Médicas.

Downloads

Publicado

2019-10-08

Como Citar

TANIKAWA , C. .; SAWAYA, A. C. H. F.; BATISTA, N. A.; BARROS, H. de; SANTOS, C. A.; SANTOS, L. dos; ROCHA, R. G.; SILVA, A. D. F. da; TEIXEIRA, A. A.; BARROS, N. F. de. Implementação de farmácia viva no espaço Mandala da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019251, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.11274. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/11274. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)