Simulação IN SITU

oportunidades latentes de melhoria na prevenção lesão por pressão

Autores

  • Angélica Olivetto de Almeida Universidade Estadual de Campinas
  • Vanessa Abreu da Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Ivan Rogério Antunes Universidade Estadual de Campinas
  • Maria Carolina Martins Universidade Estadual de Campinas
  • Renata Cristina Gasparino Universidade Estadual de Campinas
  • Bruna Bueno Soares Universidade Estadual de Campinas
  • Renata Bigatti Bellizzotti Pavan Universidade Estadual de Campinas
  • Ana Paula Bordin Universidade Estadual de Campinas
  • Luciana Alves Zapparoli Universidade Estadual de Campinas
  • Elenita Aparecida de Castro Recco Universidade Estadual de Campinas
  • Alessandra Nazareth Caine P Roscani Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.11264

Resumo

A simulação clínica é uma metodologia ativa, centrada no aprendiz, que replica um ambiente real de saúde com o objetivo de praticar, aprender, avaliar, testar ou entender sistemas ou ações humanas. Promove aprendizado ativo, em ambiente livre de risco, minimizando a ocorrência de eventos adversos. Experiências de aprendizagem baseadas em simulação são projetadas para preparar o aprendiz para a prática clínica. A simulação in situ ocorre no ambiente de trabalho da equipe de saúde aproximando-a da situação real, o que favorece o pensamento crítico e a tomada de decisão. O objetivo desse trabalho foi avaliar as ações realizadas para prevenção de LP segundo o Consenso da NPUAP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angélica Olivetto de Almeida, Universidade Estadual de Campinas

HC - Hospital de ClÍnicas; DENF - Departamento de Enfermagem; SEEC - Serviço e Enfermagem Continuada.

Vanessa Abreu da Silva, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Ivan Rogério Antunes, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Maria Carolina Martins, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Enfermagem

Renata Cristina Gasparino, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Enfermagem

Bruna Bueno Soares, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Renata Bigatti Bellizzotti Pavan, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Ana Paula Bordin, Universidade Estadual de Campinas

 Hospital de Clínicas da Unicamp.

Luciana Alves Zapparoli, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Elenita Aparecida de Castro Recco, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Alessandra Nazareth Caine P Roscani, Universidade Estadual de Campinas

Hospital de Clínicas da Unicamp.

Downloads

Publicado

2019-10-08

Como Citar

DE ALMEIDA, A. O. .; SILVA, V. A. da; ANTUNES, I. R.; MARTINS, M. C.; GASPARINO, R. C.; SOARES, B. B.; PAVAN, R. B. B.; BORDIN, A. P.; ZAPPAROLI, . L. A.; RECCO, E. A. de C.; ROSCANI, A. N. C. P. Simulação IN SITU: oportunidades latentes de melhoria na prevenção lesão por pressão. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019241, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.11264. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/11264. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>