Registro de ponto e jornada de trabalho

Autores

  • Francieli Lopes de Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Fernanda Fatima Sanches Universidade Estadual de Campinas
  • Flávia Soares Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.10937

Resumo

A Faculdade de Ciências Médicas possui em seu quadro de servidores Técnico Administrativos, Docentes e funcionários contratados pela FUNCAMP, aproximadamente 750 pessoas, devendo o ponto individual e manual ser conferido, lançado e apurado dentro do prazo estipulado para informação às folhas de pagamento, tornando o processo complexo face à quantidade de pessoas lotadas no quadro da unidade. A cada nova conferência eram observados erros de preenchimento, tais como: ausência de anotações de ocorrências, por desconhecimento dos códigos, e os atrasos na entrega do ponto ocorriam repetidamente. Buscando uma solução, a equipe adotou métodos de divulgação das informações e conscientização da comunidade funcional, que renderam resultados positivos a curto prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francieli Lopes de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

 FUNCAMP - Fundação de Desenvolvimento da Unicamp.

Fernanda Fatima Sanches, Universidade Estadual de Campinas

FCM/DIRADM/AP.

Flávia Soares, Universidade Estadual de Campinas

FCM/DIRADM/AP.

Downloads

Publicado

2019-10-03

Como Citar

OLIVEIRA, F. L. de .; SANCHES, F. F.; SOARES, F. Registro de ponto e jornada de trabalho. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019086, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.10937. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/10937. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão