Flexbilização no desenvolvimento das atividades rotineiras

Autores

  • Edmilson Antonio Ortolan Universidade Estadual de Campinas
  • Marcelo Eduardo Caruso Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.10307

Resumo

Manter a Unidade em funcionamento através da colaboração voluntaria a outros setores, sem com isso prejudicar o seu serviço. Através da ajuda daqueles que se dispõem a fazer algo a mais, é possível, manter o fluxo dos trabalhos, tentando assim não sobrecarregar e continuar esperando que venham novos servidores. Quais são as causas e consequências que enfrentaremos se assim o fizermos? Com aposentadorias, pedidos de demissões e outros problemas de recursos humanos que a universidade enfrenta atualmente, o que esperar diante desse problema? Como sairemos desse problemas sem exigir de nós profissionais de outras áreas? Eis os nossos desafios daqui para frente!

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edmilson Antonio Ortolan, Universidade Estadual de Campinas

REIT – Reitoria; PRG - Pró-reitora de Graduação; CEL - Centro de Ensino de Línguas.

Marcelo Eduardo Caruso, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física.

Downloads

Publicado

2019-10-02

Como Citar

ORTOLAN, E. A.; CARUSO, M. E. Flexbilização no desenvolvimento das atividades rotineiras. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019082, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.10307. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/10307. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão