Automatização do processo de envio de teste do pezinho

Autores

  • Alessandra Rodrigues Cardoso Padovam Universidade Estadual de Campinas
  • Flavio Baggio Pires Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.10262

Resumo

Diariamente o Serviço de Referência em Triagem Neonatal (SRTN) Unicamp produz em média 500 laudos de Testes do Pezinho de amostras de recém nascidos, que são distribuídos aos Locais de Coleta, demandando tempo com pessoal administrativo. A importância da automatização de processos manuais tem sido bastante enfatizada dentro da Universidade; partindo dessa premissa, apresentaremos neste trabalho a concretização de uma idéia que resultou em um salto significativo em termos de redução de tempo e aumento da eficiência e diminuição de custos com impressão, correio e pessoal. Implantamos a automatização no processo de entrega de laudos sem que haja a intervenção do usuário, que pôde ser realocado em outra atividade - além da contribuição com o meio ambiente, já que dispensa a impressão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Rodrigues Cardoso Padovam, Universidade Estadual de Campinas

FCM - Faculdade de Ciências Medicas; CIPOI - Centro Integrado de Pesq. Onco-hematologica da Infância.

Flavio Baggio Pires, Universidade Estadual de Campinas

FCM/CIPOI.

Downloads

Publicado

2019-10-02

Como Citar

PADOVAM, A. R. C.; PIRES, F. B. . Automatização do processo de envio de teste do pezinho. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019066, 2019. DOI: 10.20396/sinteses.v0i7.10262. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/10262. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Eixo 1 - Administração e Gestão